Vereadores paraminenses criticam mudanças na gestão municipal e questionam atribuição de vice-prefeito

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

As críticas à atual gestão municipal, feitas por vereadores durante reunião do Legislativo paraminense na noite de segunda-feira, 10 de fevereiro, continuam repercutindo em Pará de Minas. Desta vez os parlamentares analisaram a chamada minirreforma administrativa realizada recentemente pelo prefeito Elias Diniz (PSD).

Elias fez várias mudanças de uma só vez. Na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano assumiu o engenheiro agrimensor Dimitri Gonçalves Morais; a Procuradoria-Geral do Município agora está sob o comando do advogado Hernando Fernandes; Roberto Goebel Almeida foi nomeado diretor de Agronegócio e Desenvolvimento Rural; José Hermano de Oliveira Franco se tornou diretor de Meio Ambiente; Glaydston Anderson Felipe, que atuava na Secretaria Municipal de Educação, agora é assessor executivo da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Turismo; a empresária Sandra Helena Araújo é a nova diretora de Promoções e Eventos, atuando ainda no setor de Comunicação; e Samuel Lopes, gerente de Desenvolvimento do Turismo.

Estas mudanças aliadas à outras realizadas desde o início da gestão do prefeito foram tema de muitas críticas. O vereador Marcus Vinícius Rios Faria (MDB) classificou a reforma, não como administrativa, mas política:

Marcus Vinícius Rios Faria
marcusviniciusreforadm1


Marcus Vinícius criticou ainda a folha de pagamento do primeiro escalão da prefeitura, que segundo ele dobrou, pois novos secretários foram nomeados. Para o vereador, algumas pessoas deveriam ter sido colocadas para gerir as secretarias, e não apenas como diretor:

Marcus Vinícius Rios Faria
marcusviniciusreforadm2

Já Rodrigo Varela Franco (PSD) criticou a saída do vice-prefeito Zezé Porfírio (PV) da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura:

Rodrigo Varela Franco
rodrigovarelareforadm1

Para responder as críticas e acusações, o Portal GRNEWS solicitou um posicionamento da Prefeitura de Pará de Minas. Por meio de nota a assessoria de comunicação não citou a reforma administrativa, mas respondeu que “de acordo com a legislação vigente, a principal atribuição do vice-prefeito é a substituição do prefeito, sempre que necessário, no cumprimento das atribuições previstas na Lei Orgânica do Município.”

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!