Quem tem dinheiro para receber da Industrial Belo Horizonte precisa atualizar documentação

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

cibh_sindicato_textil100816
Há 25 anos Pará de Minas acompanhou o fechamento da Companhia Têxtil Industrial Belo Horizonte. A fábrica de tecidos gerava uma grande quantidade de empregos no município e infelizmente decretou falência.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O processo de pagamento dos ex-funcionários vem se arrastando desde então. A pendência segue no Poder Judiciário e muitos trabalhadores já receberam parte dos direitos trabalhistas a que tem direito.

Agora será dado mais um passo para que o pagamento seja feito aos mais de mil credores. Para isso estão sendo recolhidos documentos dos ex-trabalhadores para que o juiz responsável pelo processo emita alvarás para pagamento.

A expectativa é de que em um prazo de 20 dias todos os credores entreguem toda a documentação necessária. Por isso tem sido feita uma convocação a todos os que pleiteiam os direitos na justiça.

Débora Emiliano Gomes, advogada ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Têxteis de Pará de Minas, explica que em junho desse ano o Judiciário liberou o alvará para todos os credores:

debora_emiliano _gomes100816
Débora Emiliano Gomes
cibhdeboraemilianogomes

Antônio Carlos da Silva, ex-funcionário da Companhia Industrial Belo Horizonte, afirma que nunca perdeu a esperança de receber todos os seus direitos. A expectativa é de que em 2017 os recursos sejam liberados:

antonio_carlos_da_silva100816
Antônio Carlos da Silva
cibhantaniocarlossilva

Márcio Jesus da Silva trabalhou na empresa entre os anos de 88 e 90 e já recebeu quarenta por cento dos recursos. Ele estava querendo informações quanto ao pagamento com ou sem correção dos juros:

marcio_jesus_da_silva100816
Márcio Jesus da Silva
cibhmarciojesussilva

Mesmo aguardando há tanto tempo, Maria Margarida dos Santos Ribeiro não perdeu o bom humor. Ela conta que pretende desfrutar do dinheiro que lhe é de direito e torce para não ter que esperar por muito tempo:

Maria Margarida dos Santos Ribeiro
cibhmariamargaridasantosribeiro

Marildo Gregório da Silva conta que chegou a perder a esperança de receber os valores. Mesmo assim ele continua lutando para conseguir os direitos trabalhistas que estão aguardando a decisão da Justiça:

marildo_gregorio_da_silva100816
Marildo Gregório da Silva
cibhmarildogregoriosilva

O atendimento aos ex-trabalhadores da massa falida acontecerá na sede do Sindicato Têxtil de segunda a quarta-feira, das 8h às 16h. Serão distribuídas senhas para que tudo transcorra de forma bem organizada.

Os ex-funcionários deverão levar cópia da carteira de identidade e CPF, comprovante de residência e certidão de casamento no caso de alteração do estado civil. No caso da cópia da carteira de trabalho deverá ser da página da foto e do registro da Companhia Industrial Belo Horizonte.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!