Cerco de Jericó propõe aos fieis a derrubada as muralhas que os afastam de Deus em preparação para o Natal

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O administrador da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, padre Charley Marcelino Silva, iniciou nesta segunda-feira, 6 de novembro, uma ação relembrando o cerco dos israelitas a cidade de Jericó.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

De acordo com o relato bíblico do livro de Josué, o exército dos hebreus marchou em volta uma vez por dia durante seis dias. Porém, no sétimo dia eles deram sete voltas ao redor da cidade.

Deus fez com que as impressionantes muralhas de Jericó caíssem e isso permitiu que o povo entrasse na cidade e a conquistasse. Enquanto eram obedientes e estavam na graça de Deus, os hebreus superavam qualquer inimigo ou obstáculo.


Pensando nessa comunhão com Deus, durante as próximas sete segundas-feiras, a partir das 7h30 será feita a exposição do Santíssimo Sacramento no Santuário de Nossa Senhora da Piedade.

Às 19h15 será dada a bênção ao Santíssimo e a partir das 19h30 serão celebradas as missas do “Cerco de Jericó”, com animação da Comunidade Católica Maria de Nazaré.

De acordo com o Padre Charley Marcelino Silva, esta ação libertadora proporcionada aos fieis, possibilita que todos participem desse momento de fé:


Padre Charley Marcelino Silva
jericopadrecharley1

Explica que o “Cerco de Jericó” foi feito por meio da Arca da Aliança e atualmente o ostensório e a hóstia consagrada do Santíssimo Sacramento simbolizam as marchas e a presença de Deus:

Padre Charley Marcelino Silva
jericopadrecharley2

As celebrações do Cerco de Jericó terminarão no dia 18 de dezembro. Na semana seguinte serão feitos os preparativos para as celebrações do Natal, ocasião do nascimento de Jesus Cristo.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!