Limpeza nas margens dos córregos de Pará de Minas combate o Aedes aegypti e afasta pernilongos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O serviço de combate à proliferação de mosquitos, especialmente o Aedes aegypti, é realizado pelo poder público durante todo o ano. O inseto é o vetor de doenças como a Dengue, Febre Chikungunya e Zika.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


A campanha para que a população elimine todos os reservatórios de água parada nas residências é constante. O município de Pará de Minas já sofreu no passado com uma grave epidemia de dengue.


Os agentes de combate a Endemias visitam as casas periodicamente e fiscalizam a existência de focos do mosquito. A colaboração da sociedade é de suma importância nessa guerra contra as doenças.


Nos últimos dias uma equipe tem feito limpeza das margens dos córregos e ribeirões existentes no perímetro urbano. A meta é retirar toda a sujeira próxima aos cursos d’água em toda a extensão.

De acordo com Adílson José Batista, chefe do departamento de Combate a Endemias, já ficou comprovado que essa limpeza das margens dos ribeirões contribui para a eliminação dos pernilongos e do mosquito Aedes aegypti:


Adílson José Batista
ribeirosadilsonbatista1

A Gerência Regional de Saúde (GRS) é composta por 53 municípios e Pará de Minas foi o pioneiro na limpeza das margens dos ribeirões. Os resultados de todo o esforço vem sendo colhidos pela Secretaria Municipal de Saúde:

Adílson José Batista
ribeirosadilsonbatista2


A meta da administração é realizar o serviço de limpeza das margens dos cursos d’água três vezes ao ano. Com isso será possível eliminar os insetos e evitar a ocorrência de doenças no município.

Além combater o mosquito Aedes aegypti, esse serviço também contribui para afastar os pernilongos que costumam infernizar a população paraminense.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!