Centro de Pará de Minas lidera casos confirmados de Covid-19 e cinco bebês já contraíram a doença

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Covid-19 já matou mais de três milhões de pessoas em todo o mundo. Somente no Brasil são 409 mil mortos até esta terça-feira, 4 de maio, e 14,8 milhões de brasileiros que se infectaram com o novo coronavírus.

Infelizmente a pandemia está longe de acabar e em Pará de Minas, assim como na maioria dos lugares, os números só crescem a cada dia.

Em março de 2020, primeiro mês da pandemia, duas pessoas testaram positivo para a doença em Pará de Minas, mas quando o ano encerrou já eram 550 paraminenses infectados.

Conforme publicado pelo Portal GRNEWS o ano de 2021 também não começou com os melhores índices, foram 387 pessoas que contraíram o novo coronavírus. Depois, em fevereiro, mais 238 paraminenses. Em março, um ano depois do início da pandemia, 535 pessoas foram infectadas, e no mês passado, 385 paraminenses testaram positivo para a Covid-19.

O Portal GRNEWS também teve acesso aos dados confirmando que a região Sul de Pará de Minas, que compreende bairros como Santos Dumont, Jardim América, Nossa Senhora de Lourdes, Residencial Cecília Meireles entre outros, é a que mais tem casos positivos, totalizando 1.085 até agora. Nesta região, o São Cristóvão tem maior número de pessoas infectadas, com 123 casos.

Já na região Norte, onde estão localizados bairros como Grão-Pará, Nossa Senhora de Fátima e São Pedro, é o JK com mais casos confirmados, 92.

O leste da cidade, dos bairros São Francisco, Santo Antônio, João Paulo II e outros, é o Recanto da Lagoa que está no ranking com maior número de casos, sendo 242 até agora.

Na região Oeste o São José lidera com 184 casos e na região Central, o Centro de Pará de Minas tem 244 casos confirmados, maior número entre os bairros que fazem parte da área.

Análise feita pelo Portal GRNEWS aponta ainda que as mulheres são as mais infectadas pelo novo coronavírus, com 1.715 casos confirmados. Em relação às idades, a faixa etária entre 30 e 39 anos lidera. Em seguida vem os jovens de 20 a 29 anos, as pessoas entre 40 e 49 anos e o pessoal entre 50 e 59 anos. Do total de casos, 15 idosos acima de 90 anos contraíram a doença.

Desta análise, alguns números chamam a atenção. Cinco crianças menores de um ano testaram positivo para a doença em Pará de Minas, outras 50 entre um e nove anos também contraíram o novo coronavírus e 129 crianças e adolescentes na faixa etária entre 10 e 19 anos também foram infectados.

Quanto aos óbitos, o primeiro foi registrado na cidade em julho de 2020, daí em diante todos os meses registraram alta. O número de mortes de 2021 já é maior que o registrado em todo o ano passado, que terminou com 37 óbitos.

Já em 2021 foram 12 registros em janeiro, 14 em fevereiro, 37 em março e 34 em abril, totalizando 97 mortes.

Diferente do número de casos, as mortes foram registradas na maioria em homens. A faixa etária entre 70 e 79 anos lidera em óbitos na cidade. em seguida vem os idosos entre 60 e 69 anos e quem tinha entre 80 e 89.

Uma criança de oito anos também morreu em Pará de Minas em decorrência da doença e outras sete pessoas entre 30 e 39 anos.

Do total de óbitos, a maioria era idoso. Entre as principais condições clínicas de quem faleceu devido ao agravamento do quadro estão diabetes, doença cardíaca e hipertensão arterial.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!