Implantação do SAMU em Pará de Minas só depende do governo de MG, afirma secretário

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Em fevereiro deste ano o governador Fernando Pimentel (PT) visitou o município de Divinópolis onde participou de solenidades e anunciou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) seria inaugurado em 30 dias. No dia 23 de março, o governo de MG anunciou a liberação de R$ 3 milhões para a implantação do SAMU Oeste.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O mês de abril acabou, começou maio e até o momento a população dos 52 municípios da região Centro-Oeste de Minas Gerais continuam sem a assistência especializada do SAMU.

A central já foi construída e equipada em Divinópolis. Todas as ambulâncias e os equipamentos também já foram comprados e estão sob custódia da Gerência Regional de Saúde.

No último dia 16 de março o prefeito Elias Diniz (PSD) e uma comitiva de representantes do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (CISURG Oeste) visitaram as instalações da base do SAMU em Pará de Minas.

O secretário executivo do CISURG Oeste, José Márcio Zanardi, disse que todos os processos estavam sendo finalizados e a previsão era de que o serviço de resgate começasse a atender a população de toda a região em um mês.

Informou na ocasião que até os profissionais que trabalharão na base de Pará de Minas já haviam sido escolhidos através de processo seletivo e tinham passado por um treinamento especializado de socorrista.

Elias Diniz também estava com a expectativa de inaugurar o SAMU em Pará de Minas dentro de um mês. Explicou na ocasião que a obra da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas, estava inacabada e seria finalizada.

Como a população ainda não conta com este serviço, a reportagem do Portal GRNEWS conversou sobre o assunto com Paulo Duarte, secretário municipal de Cultura e Comunicação Institucional e interino de Saúde. Ele explicou que o município já tomou todas as providências necessárias e agora o restante do processo depende de ações do governo do Estado:


Paulo Duarte
atrasonosamupauloduarte1

Sobre o problema enfrentado pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), que é a referência de atendimento a urgência e emergência para as equipes do SAMU, Paulo Duarte disse que a estrutura física é de alta qualidade:

Paulo Duarte
atrasonosamupauloduarte2

Quando iniciar o serviço em Pará de Minas, o SAMU ajudará no trabalho de resgate a vítimas de acidentes de trânsito e outros tipos de sinistros. O serviço conta com toda a estrutura necessária e uma equipe treinada e dará suporte ao trabalho que já é prestado pelo Corpo de Bombeiros e também pelo grupo de socorristas voluntários Anjos do Asfalto.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!