Casos de Leptospirose aumentam em períodos de chuva e doença pode matar se não for tratada

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O período de chuvas no sudeste brasileiro está chegando ao fim mas ele trouxe algumas doenças típicas deste ano e que devem perdurar por mais algumas semanas. A leptospirose é uma dessas. Transmitida pela exposição direta ou indireta à urina de ratos infectados, a penetração é através da pele.

A doença tem um período de incubação mais extenso, por isso nem todo mundo se lembra que pode ter contraído a bactéria. Os sintomas podem começar em até 30 dias após a exposição.

Segundo o Ministério da Saúde, no ano passado 3.368 foram diagnosticadas com a doença. Destas, 176 só em Minas Gerais. Este ano o número deve ser ainda maior, já que os dias chuvosos aumentaram em quantidade de tempo e de nível d’água.

Nos consultórios médicos e unidades de saúde de Pará de Minas já foi registrado aumento no número de casos da doença. Para explicar sobre o que a leptospirose, sintomas e prevenção, o Portal GRNEWS conversou com a médica clínico geral Camila Coelho. Ela também é reumatologista e destaca que a doença é comum, perigosa, mas tratável:

Camila Coelho
camilacoelepto1


Para os profissionais da medicina a dificuldade está em diagnosticar a doença, já que os sintomas são bem parecidos com o de uma gripe forte e da Dengue. Na fase precoce, o paciente sente febre, dor de cabeça, dor muscular, falta de apetite e vômitos.

Mas são os 15% de pacientes que evoluem para quadros graves que preocupam. Eles podem ter até mesmo hemorragias pulmonar e em outros órgãos:

Camila Coelho
camilacoelepto2

A doença é tratável à base de antibióticos e totalmente curável se tratada a tempo. A médica Camila Coelho dá dicas de como se prevenir:

Camila Coelho
camilacoelepto3

Outra forma de prevenir também é controlar os roedores. Destinar adequadamente o lixo de casa, armazenar os alimentos corretamente, desinfetar e vedar caixas d’água, vedar frestas e aberturas em portas e paredes, além de usar raticidas, mas este só por técnicos capacitados.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!