Duas pessoas presas ao serem flagradas fazendo boca de urna e afixando cartazes de candidato

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

delegacia_regional_policia_civil_para_de_minas280316
A votação nas seções eleitorais da 202ª zona eleitoral continua transcorrendo dentro da normalidade. Até o momento não foi registrado nenhuma ocorrência de destaque pelas equipes das polícias Militar e Civil que estão de plantão.

As cidades também estão mais limpas graças o apoio dos candidatos ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com a Promotoria de Justiça da Comarca. O documento prevê uma campanha sem sujeira nas ruas.

A Comarca de Pará de Minas também é composta pelas cidades de Onça de Pitangui, Pequi, Maravilhas, São José da Varginha, Florestal, Igaratinga e São Gonçalo do Pará. Apenas um município teve uma prisão por crime eleitoral.

Porém, sempre tem alguém que insiste em não cumprir o que determina a lei eleitoral. É caso de dois suspeitos que estavam afixando cartazes de um candidato em muros que ficam em uma estrada de acesso ao município de Onça de Pitangui. Eles foram detidos e encaminhados para a Delegacia Regional da Polícia Civil em Pará de Minas.

As prisões foram confirmadas por Carlos Henrique Gomes Bueno, delegado Regional da Polícia Civil em Pará de Minas. Ele explica que os indivíduos foram ouvidos, autuados e ficarão presos até o final da eleição:

carlos_henrique_gomes_bueno021016a
Carlos Henrique Gomes Bueno
carloshenriquegomesbueno

Vale lembrar que a lei eleitoral proíbe qualquer propaganda de candidatos no dia da votação. Não é permitido carro de som, uso de camisas, comícios ou panfletagem. Toda manifestação realizada neste domingo (02) é considerada como boca de urna.

Veja mais:

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!