Empresários defendem a reabertura do comércio em Pará de Minas; documento será enviado ao Comitê Gestor

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Comerciantes de Pará de Minas se reuniram na manhã desta quarta-feira (1º) na Associação Empresarial de Pará de Minas (Ascipam) onde apresentaram a representantes da associação e também da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) a insatisfação frente ao fechamento do comércio da cidade. Eles estão de portas fechadas desde o dia 21 de março, quando o Município baixou o Decreto nº 11.045/2020 que suspende alvarás de funcionamento e localização devido ao novo coronavírus (COVID-19). Em seguida o Município decretou que seguirá as determinações do governo estadual. Portanto, comércio continua fechado até segunda ordem, que virá do governador Romeu Zema (Novo). A Secretaria de Estado de Saúde informou ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) que o isolamento social no Estado continuará pelo menos até o dia 13 de abril.

Mesmo com o comércio fechado, muita gente tem questionado a quantidade de pessoas nas ruas de Pará de Minas. Na Benedito Valadares o movimento é intenso durante todo o dia. É que continuam abertos bancos e casas lotéricas. Mesmo assim muitos perguntam o motivo de tantos paraminenses passeando pela área central da cidade.

Este também foi o questionamento dos comerciantes que estiveram presentes na reunião desta quarta. Se a recomendação é que o comércio fique fechado e as pessoas em casa, o que tanta gente faz na rua?

Os empresários querem a retomada do funcionamento das lojas e prestadoras de serviço e garantem que tomarão todos os cuidados necessários, como higienização de quem entra nos estabelecimentos e quantidade máxima de pessoas juntas em um só local.

Marcílio Lopes é empresário do ramo de confecções e sabe como se proteger do novo coronavírus. Segundo ele, todos estão cientes da importância da higienização e o comércio sendo reaberto, comerciantes e clientes estarão atentos:

Marcílio Lopes
marciliolopesvoltacom1

O presidente da CDL de Pará de Minas e também empresário Milton Ferreira de Oliveira, participou do encontro e espera que o comércio reabra a portas. A economia tem sido a maior prejudicada segundo ele, e em 30 anos na profissão nunca viu uma situação tão complicada:

Milton Ferreira de Oliveira
miltonfvoltacom1

O comerciante Renato Soares de Aguiar também espera que as lojas reabram nos próximos dias e garante que tanto os clientes como os funcionários tomarão os devidos cuidados de higienização. Afirma ainda que se as portas continuarem fechadas, muitas lojas vão fechar:

Renato Soares de Aguiar
renatosoaresvoltacom1

O presidente da Câmara Municipal, o vereador Marcílio Magela de Souza (MDB) participou do encontro e ouviu os questionamentos e solicitações dos empresários locais. Garantiu que conversará com o prefeito Elias Diniz (PSD) pedindo a reabertura do comércio em geral:

Marcílio Magela de Souza
marciliomvoltacom1

Juntos, Ascipam e CDL irão providenciar um documento que será entregue à Prefeitura de Pará de Minas e ao Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do COVID-19 nos próximos dias.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!