Vereadores paraminenses adiam votação de projetos que alteram atribuições e jornadas de servidores públicos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Câmara Municipal de Pará de Minas realizou mais uma reunião Ordinária semanal na noite desta segunda-feira, 1º de março. Em pauta vários requerimentos, duas moções de aplausos e quatro projetos de lei.

O primeiro que entrou em votação foi o Projeto de Lei Complementar (PLC) 2/2021 que altera disposições da lei que trata do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores Públicos. Nele, a proposta para alterar atribuições dos cargos de biólogo, enfermeiro, arquiteto e urbanista, farmacêutico, médico veterinário, nutricionista e fiscal sanitário. Por precisar de mais informações e esclarecimentos, o vereador Márcio Lara (PSD) pediu vistas ao projeto.

Já o PLC 3/2021, também de autoria do Executivo, pede alterações do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores Públicos Municipais. Neste, as mudanças são nas jornadas de vários cargos, cujos profissionais trabalham na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), Residência Terapêutica, Laboratório e Tecnologia da Informação, todos ligados à Secretaria Municipal de Saúde. O vereador Dilhermando Rodrigues Filho (PSDB) foi quem pediu vistas, querendo mais esclarecimentos.

Já o projeto 5/2021 autoriza o Município a promover abertura de crédito especial no valor de R$ 49 mil para obras complementares no Parque de Exposições Francisco Olivé Diniz foi aprovado por 15 votos a zero.

O projeto 7/2021 que institui o dia 20 de setembro como Dia dos Moto clubes em Pará de Minas. Aprovado por 15 votos a zero em duas votações, a data passa a integrar o calendário oficial de eventos do município.

Após a votação dos projetos os vereadores usaram a tribuna para debater alguns assuntos. Hélio Andrade de Melo Júnior (PSL) propôs que a Câmara instale um bebedouro na avenida Presidente Vargas. O intuito é oferecer mais condições para que as pessoas pratiquem atividades físicas na via e tenham água potável disponível:


Hélio Andrade de Melo Júnior

helioreuniao010321

Nos últimos dias foi cogitada a possibilidade de o vereador Marcílio Magela de Souza (MDB) apresentar um projeto na Câmara para reduzir gastos do Legislativo. Durante a reunião ele explicou que não se trata de proposta para redução de salários como muitos comentaram:


Marcílio Magela de Souza

marciliomsreuniao010321

Sobre a proposta do vereador Hélio Andrade de Melo Júnior, o presidente Gladstone Correa Dias (PSDB) já havia repassado a sugestão à Diretoria Administrativa da Câmara que informou ser viável a compra do bebedouro e instalação. Em breve a Câmara deve abrir uma licitação para comprar o equipamento e implantar a sugestão.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!