Eduardo Barbosa não acredita que Reforma da Previdência será votada em 2018

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Continua indefinida na Câmara dos Deputados, em Brasília, a data da votação do polêmico projeto da Reforma da Previdência. O presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP) exige a aprovação das mudanças.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O Palácio do Planalto vem articulando com os parlamentares os votos necessários para que a proposta seja aprovada em plenário. Serão necessários 308 votos favoráveis dos 513 deputados federais.

Alguns dos partidos da base aliada do governo já fecharam questão para apoiar a reforma. Porém, algumas legendas ainda enfrentam resistências internas para que a lei seja aprovada.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) já disse que só colocará a matéria na pauta de votação se o governo federal tiver os votos necessários para que seja aprovada.

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) já decidiu que apoiará os deputados federais que votarem a favor da reforma com recursos oriundos do fundo público partidário para financiar as eleições de 2018.

O deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB) não acredita que o projeto será votado no ano que vem. Ele afirma que haverá um período eleitoral e os candidatos a Presidência e da República deverão discutir a questão:


Eduardo Barbosa
reformadaprevidenciaeduardobarbosa1

Falou desembarque do PSDB do governo de Michel Temer, ressaltando que sempre foi contrário a participação dos tucanos na atual gestão. Também está definido que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, será o candidato a presidente pelo partido:

Eduardo Barbosa
reformadaprevidenciaeduardobarbosa2

A equipe econômica da União alega que se os gastos com a Previdência Social não forem revistos as contas públicas poderão sofrer um colapso em pouco tempo. Especialistas no assunto contestam. Mesmo assim o governo investe no discurso de que é preciso cortar privilégios nos benefícios concedidos visando o equilíbrio financeiro.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!