Turi poderá reduzir número de cobradores nos ônibus urbanos. Vereadores temem aumento do desemprego

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

onibus_turi_cobrador030315
Durante reunião da Câmara Municipal de Pará de Minas vereadores debateram uma questão envolvendo os cobradores da empresa Turi, que explora o serviço de transporte coletivo urbano no município.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os vereadores disseram ter recebido informações indicando que a empresa trabalha com a possibilidade de retirar os cobradores em alguns itinerários. Isso representaria desemprego para muitos trabalhadores.

A concessionária responsável pelo transporte coletivo urbano poderá utilizar apenas os motoristas em algumas linhas. A medida visa reduzir os custos sem comprometer a qualidade do serviço prestado aos usuários.

Esse tipo de medida já foi tomado por empresas que atuam em cidades da região metropolitana de Belo Horizonte. Os motoristas acumulam a função dos cobradores e o número de profissionais empregados é menor.

A notícia não agradou aos vereadores paraminenses. Rodrigo Varela Franco (PSD) apresentou um requerimento solicitando explicações da empresa de transporte coletivo. Segundo ele, é preciso analisar a questão com cautela para não aumentar ainda mais o número de desempregados no município:

rodrigo_varela_franco241016
Rodrigo Varela Franco
cobradoresrodrigovarelafranco

O vereador Flávio Medina Neto (PPS) informou que vem acompanhando todo o processo. Ele explica que a Turi possui um levantamento detalhado e existe um déficit de um repasse que não feito pela prefeitura:

flavio_medina_neto241016
Flávio Medina Neto
cobradoresflaviomedinaneto

A reportagem do Portal GRNEWS não conseguiu obter as informações junto aos responsáveis pela Turi em Pará de Minas. Os gerentes não foram encontrados na sede da empresa, no bairro Padre Libério.

O contrato firmado entre o município foi prorrogado em 2012 pelo então prefeito José Porfírio de Oliveira Filho por mais cinco anos, uma vez que o acordo anterior estava vencendo.

Diante disso o contrato entre o município de Pará de Minas e a concessionária de transporte coletivo terminará em maio de 2017. O prefeito-eleito Elias Diniz (PSD) terá a responsabilidade de promover a licitação em seus primeiros meses de mandato.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!