Vereadores reclamam que foram barrados na UPA e gestor afirma que unidade não é palanque político

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Durante reunião Ordinária da Câmara Municipal realizada na noite de segunda-feira, 29 de janeiro, dois vereadores disseram que foram impedidos de acessar as dependências da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas), localizada no bairro Senador Valadares, em Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Alegaram que a família de uma paciente estava preocupada com o atendimento que vinha sendo realizado. Com isso os vereadores teriam sido acionados para ajudar a acompanhar o caso.

O vereador Rodrigo Alves Meneses (MDB) veio do distrito de Torneiros para verificar o que estava ocorrendo na unidade de saúde. Ele afirma que foi barrado pelo segurança da UPA por ordem do secretário municipal de Saúde, Paulo Duarte.

Usou a tribuna livre da Câmara Municipal para reclamar da postura adotada pela direção da UPA. Além dele, o vereador Antônio Carlos dos Santos (PTB) também reclamou de não ter acesso às unidades de saúde para fiscalizar o serviço:

Rodrigo Alves Meneses
rodrigoalves_upa

Já o vereador Márcio Lara (PTC) disse que é preciso cumprir o papel de fiscalizar e ao mesmo tempo respeitar as normas internas dos órgãos públicos. Destacou que os vereadores não podem dar carteiradas e achar que são donos de tudo:

Márcio Lara
marciolara_upa

Paulo Duarte, secretário municipal de Saúde, explicou que não existe qualquer impedimento ao acesso dos vereadores ás unidades de saúde do município. Entretanto, deixou claro que a administração não permitirá que as unidades sejam usadas como palanque político:

Paulo Duarte
pauloduarte_upa1


Informou que neste caso específico de uma paciente, vários vereadores estiveram na UPA e começaram a dificultar o atendimento. Ressaltou que não tem como atender bem os pacientes e ao mesmo apaziguar tumultos externos:

Paulo Duarte
pauloduarte_upa2

O secretário municipal de Saúde informou também que a paciente foi transferida para um hospital para receber os devidos cuidados médicos. A família agradeceu o atendimento prestado pela UPA 24 horas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!