Comércio paraminense deve fazer poucas contratações temporárias neste fim de ano

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Com a chegada do fim de ano o comércio paraminense está pronto para atender os consumidores e aumentar as vendas. Um dos fatores que deve fortalecer a economia é o pagamento do 13º salário por parte das empresas públicas e privadas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O recurso extra geralmente é utilizado por milhares de famílias para comprar os presentes e garantir as ceias nas festas. A troca de presentes é tradicional e marca o período natalino todos os anos.

Este ano Pará de Minas ganhou uma iluminação natalina com um milhão e duzentas mil lâmpadas de LED. O projeto elaborado e custeado pela Associação Empresarial de Pará de Minas (ASCIPAM) tem como meta fomentar o comércio local.

As lojas estão contratando vendedores e balconistas para atender bem a clientela. Porém, a crise econômica ainda não foi superada e afeta as contratações temporárias nos estabelecimentos.

De acordo com Fausto José Conceição Abreu, presidente do Sindicato dos Comerciários de Pará de Minas, todo contrato deve ser registrado na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Por isso ainda não é possível ter os números de contratações em Pará de Minas, por enquanto. Porém, ele acredita que será baixo o número de contratos temporários neste fim de ano:


Fausto José Conceição Abreu
contratostemporariosfausto1

Os trabalhadores temporários deverão receber os mesmos salários e benefícios firmados na Convenção Coletiva dos comerciários. Se os direitos trabalhistas forem desrespeitados, a Justiça poderá ser acionada:

Fausto José Conceição Abreu
contratostemporariosfausto2

No contrato intermitente, criada pela Reforma Trabalhista, o empregado trabalhará apenas quando for convocado pelo patrão. Pela nova lei o funcionário intermitente deverá receber pelo menos o valor proporcional ao salário mínimo ou pelo dia trabalhado.

Esta modalidade não se aplica aos empregados do comércio porque existe outra lei que normatiza o segmento. Por isso é importante os trabalhadores e os patrões se manterem bem informados sobre direitos e deveres:

Fausto José Conceição Abreu
contratostemporariosfausto3

Qualquer dúvida pode ser esclarecida no Sindicato dos Comerciários, que funciona na rua Sacramento, 166, Centro, em Pará de Minas. O telefone de contato é o (37) 3237-1030.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!