Prefeito responde provedor: estão fraquejando e querendo jogar a culpa nos outros pelo fracasso deles

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

antonio_julio_de_faria291016
O prefeito Antônio Júlio de Faria não gostou nem um pouco de ouvir as declarações do provedor do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), Osvaldo Alves Leite.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em entrevista ao Portal GRNEWS, na sexta-feira, 28 de outubro, o provedor falou de diversos assuntos. Entre eles, respondeu ao prefeito, que dias atrás disse ao mesmo Portal que a prefeitura está rigorosamente em dia com o HNSC.

Antônio Júlio de Faria disse ainda que talvez seja o político que mais ajudou o hospital, porém, seus diretores não reconhecem seus feitos e culpam a prefeitura a cada crise que eles não conseguem administrar no hospital.

Sobre este assunto Osvaldo Alves Leite disse que o prefeito Antônio Júlio de Faria falta com a verdade ao dizer que está rigorosamente em dia com o Hospital Nossa Senhora da Conceição.

O provedor citou números de convênios assinados, os quais a Prefeitura de Pará de Minas não cumpriu a promessa, deixando de fazer os repasses para o único hospital da cidade. Falou também que até os recursos do SUS enviados pelo Governo Federal está difícil para receber. Em outra parte questionou se a saúde não seria prioridade.

Após a publicação no Portal GRNEWS, Antônio Júlio de Faria respondeu o provedor do Hospital Nossa Senhora da Conceição. Irritado com a declaração de que ele estaria faltando com a verdade, o prefeito disse que os gestores do hospital estão fraquejando e culpando outros pelo fracasso deles:

Antônio Julio de Faria
antoniojuliosobrehnsc1

Sobre a crise eterna do Hospital Nossa Senhora da Conceição, Antônio Júlio de Faria disse que há 30 anos convive com esta situação, ouvindo os mesmos lamentos. Cita problemas de relacionamento ao longo dos anos entre diretores e médicos que atendem no HNSC. Para ele, é preciso resolver este problema, mas como cada um puxa para um lado, não tem jeito:

Antônio Julio de Faria
antoniojuliosobrehnsc2

O prefeito disse compreender que a tabela do SUS precisa ser atualizada para atender aos hospitais, mas isso não justifica a transferência de responsabilidade. Para ele, a crise econômica complica mais ainda, porque ninguém tem dinheiro:

Antônio Julio de Faria
antoniojuliosobrehnsc3

O prefeito Antônio Júlio de Faria não disse se fará ou não repasses para o Hospital Nossa Senhora da Conceição nos últimos meses de seu governo. Isso inclui o dinheiro que provavelmente a Câmara Municipal devolverá para a Prefeitura de Pará de Minas e que vereadores sugerem que a quantia seja repassada para o hospital. Mas apesar do pedido, essa prerrogativa e outras decisões referentes à repasses é de competência exclusiva do prefeito.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!