Discussão para reativar Faixa Azul precisa ser ampliada e envolver todos os interessados, diz presidente da ASCIPAM

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Câmara Municipal de Pará de Minas adiou na noite desta segunda-feira, 27 de agosto, a votação do projeto que trata da reativação do sistema de estacionamento rotativo, denominado Faixa Azul.

O Projeto de Lei 52/18 que dispõe sobre a regulamentação da exploração do sistema de estacionamento rotativo eletrônico oneroso nas vias foi aprovada em 1º turno na semana passada por 16 votos a favor e nenhum contra.

A prefeitura enviou o projeto contemplando a cobrança para carros, motos e até bicicletas. Os vereadores colocaram várias emendas e retiraram a cobrança das bikes, considerada absurda pelos parlamentares.

Os vereadores sugeriram ampliar as discussões envolvendo a Associação Empresarial de Pará de Minas (ASCIPAM) e os motociclistas paraminenses. Muitos condutores de motos já manifestaram grande insatisfação com a possibilidade desta cobrança. Sustentam que utilizam a moto por ser um meio de transporte mais barato.

José Misael de Almeida, presidente da ASCIPAM, afirma que a situação é muito delicada porque o tráfego de veículos cresceu muito nos últimos anos. Vários pedidos relacionados ao assunto chegam à entidade e é preciso estudar bem o que será feito:


José Misael de Almeida
rotativojosemisael1

Neste momento é importante que todos os envolvidos se reúnam para discutir a melhor forma de voltar com o Faixa Azul na cidade. Os problemas do trânsito são um reflexo do grande crescimento da cidade:

José Misael de Almeida
rotativojosemisael2

De um lado a gestão municipal está trabalhando para sanar um problema estrutural que afeta a mobilidade urbana. De outro a população que está desempregada, pagando uma alta carga tributária e que não suporta mais tarifas:

José Misael de Almeida
rotativojosemisael3

Os colaboradores do comércio já estão cobrando dos patrões o que será feito com as motocicletas estacionadas na área central da cidade. Uma questão levantada é sobre a responsabilidade do município caso o proprietário tenha o veículo furtado no estacionamento regulamentado pelo Faixa Azul:

José Misael de Almeida
rotativojosemisael4

Um dos segmentos que mais tem crescido no centro de Pará de Minas é o de estacionamentos particulares. Muitos investidores derrubam imóveis e aproveitam o espaço do lote para construir vagas de garagem.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE