Suspensa criação de incubadora do Centro Mineiro de Tecnologia Assistiva em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

centro_tecnologia_assistiva
Anunciado durante solenidade com ares de inauguração no ano de 2013, em Pará de Minas, época do então governador de Minas Gerais, Antônio Augusto Anastasia (PSDB), o Centro Mineiro de Tecnologia Assistiva, localizado no bairro João Paulo II, tem em funcionamento atualmente a Uaitec (Universidade Aberta e Integrada de Mina Gerais) e o laboratório de marchas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O prédio onde ele foi instalado recebeu equipamentos e um mobiliário completo para o desenvolvimento de projetos voltados para a inclusão social. No local funcionaria uma incubadora que abrigaria projetos de empresas de tecnologia.

O espaço seria uma referência na construção de produtos e serviços que facilitariam a vida das pessoas portadoras de deficiência física e intelectual. Mas, com a troca de governo a situação mudou de rumo.

Segundo Daniel Fioravante Barbosa, secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, a incubadora nem mesmo iniciou os trabalhos, pois a gestão atual do Governo de Minas Gerais suspendeu o convênio com o município de Pará de Minas:
danbarbosa_incb

Daniel Fioravante Barbosa
danbarbosa_incb1

Ele espera que em curto prazo a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia reveja o convênio. Pela proposta, o estado é o responsável por toda a parte operacional da incubadora:

Daniel Fioravante Barbosa
danbarbosa_incb2

O município cumpriu tudo que foi exigido no convênio firmado com o estado e adquiriu todos os equipamentos e móveis. O projeto também contou com uma emenda parlamentar e o fim da pendência depende do governo estadual.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!