Cruzeirenses festejam o título da Copa do Brasil pintando de azul e branco as ruas de Pará de Minas. Veja imagens

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Na noite de quarta-feira (27) o país inteiro parou para assistir o segundo duelo da final da Copa do Brasil entre Cruzeiro e Flamengo. Até então o time mineiro tinha quatro títulos e o rubro negro carioca três.


Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


No primeiro jogo no Maracanã, no Rio de Janeiro, o placar ficou empatado em 1 a 1. Pelas regras da competição, os jogos da final não são aplicadas vantagens de gols marcados fora de casa.


Isso significa que o campeão do torneio é definido pela soma dos placares dos dois jogos. Quem marcar mais gols leva a taça e em caso de empate a decisão vai para as cobranças de pênaltis.


E foi assim a decisão. O jogo entre Cruzeiro e Flamengo no Mineirão terminou empatado em 0 a 0 no tempo normal. Nas penalidades o time celeste conseguiu marcar cinco vezes e o goleiro Fábio defendeu a cobrança do meia Diego.


O Cruzeiro chegou ao pentacampeonato da Copa do Brasil e se igualou ao Grêmio como um dos maiores campões da competição. Nas ruas de Pará de Minas a torcida da raposa começou a festa assim que Thiago Neves marcou o gol do título e varou a madrugada com muitos fogos.


Nesta quinta (28) os cruzeirenses continuam esbanjando sorrisos e alegria pela cidade por mais uma conquista, que também garante o Cruzeiro na disputa da Libertadores em 2018.


Em Pará de Minas as camisas azuis e brancas eram vistas por todas as partes. Mesmo com tantas dificuldades enfrentadas pelo país, o torcedor aproveitou para comemorar, como afirma Flávio Flores de Aguiar:


Flávio Flores de Aguiar
cruzeirocampeaoflavio


Sônia Aparecida dos Santos Ferreira disse que o coração bateu forte durante as cobranças de pênaltis. O título foi muito sofrido, mas a torcedora garante que valeu a pena todo o esforço:


Sônia Aparecida dos Santos Ferreira
cruzeirocampeaosonia


Moacir Batista Duarte também acreditava que o time mineiro seria campeão mais uma vez. Ressaltou que não foi fácil vencer o Flamengo, mas a experiência e o talento do goleiro Fábio foram decisivos:


Moacir Batista Duarte
cruzeirocampeaomoacir


Jorge Alves de Oliveira revela que fez até orações para Nossa Senhora Aparecida ajudar. A emoção tomou conta e no final o resultado foi muito gratificante para todos os cruzeirenses que acompanharam o jogo:


Jorge Alves de Oliveira
cruzeirocampeaojorge


O Cruzeiro faturou a Copa do Brasil nos anos de 1993, 1996, 2000, 2003 e 2017. No ano de 2003 o time também conseguiu um feito inédito no futebol brasileiro: conquistar também o Campeonato Brasileiro e o Campeonato Mineiro, conseguindo a Tríplice Coroa.







Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!