Morte de peixes: laudos da Funed comprovam presença de cloro na água de lagoa no bairro Patafufo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

peixes_mortos
Na manhã do dia 6 de junho moradores do bairro Patafufo, em Pará de Minas, acionaram a Polícia Militar de Meio Ambiente e denunciaram uma grande mortandade de peixes em uma lagoa existente no bairro.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A cena triste de vários peixes mortos boiando na água preocupou os vizinhos. A área é utilizada por vários moradores daquela localidade que apreciam o contato com a natureza.

Os policiais militares estiveram no local e fizeram o registro da ocorrência. O documento foi encaminhado a Promotoria de Meio Ambiente de Comarca de Pará de Minas para que fossem tomadas as devidas providências legais.

Fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente também visitaram a lagoa e colheram amostras da água. Elas foram encaminhadas a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte. Após 45 dias o laboratório enviou o resultado de todas as análises.
laudo_agua_peixes

Na tarde desta quinta-feira (28) a secretária municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Rafaela Lúcia Martins de Oliveira, divulgou os resultados dos exames.

Ela explica que os laudos não apresentaram nenhum problema para pesca e banho. Porém, foi realizada uma nova vistoria na manhã desta quinta (28) e foi constatada a emissão de água residual próximo a lagoa:

Rafaela Lúcia Martins de Oliveira
raflmart_ldpx1

raflmart_ldpx
Foi realizada uma nova coleta de mostras da água que estava sendo canalizada até a lagoa. A secretária diz que foi constatada a presença de cloro na água e novos resultados sairão em sete dias:

Rafaela Lúcia Martins de Oliveira
raflmart_ldpx2

Durante a fiscalização foi constada a presença de uma tubulação saindo de um clube. Os responsáveis pela entidade foram notificados e terão um prazo de 15 dias para se adequarem as exigências previstas em lei:

Rafaela Lúcia Martins de Oliveira
raflmart_ldpx3

A água coletada passará por análises para a detecção ou não de metais pesados que possam poluir a lagoa. O município contratou o serviço de um laboratório particular para dar celeridade ao processo.

Os resultados dos exames na água da lagoa do bairro Patafufo e um relatório técnico deverão ser encaminhados a Promotoria de Meio Ambiente na Comarca de Pará de Minas, que também investiga o fato.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!