Mulheres usam nomes de conferências para entrar nas casas e aplicar golpes em idosos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

reuniao_conselho
O golpe vem sendo aplicado por estelionatárias que utilizam nomes de entidades para furtar dinheiro e objetos de valor em residências. Eles se identificam como representantes das instituições e conseguem distrair os moradores e cometer o crime.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O último golpe que vem sendo aplicado envolve o nome das conferências vinculadas a Sociedade de São Vivente de Paulo em Pará de Minas. Segundo informações, duas mulheres se passam por vicentinas e aproveitam para furtar.

As desconhecidas conseguem cartões bancários e senhas, principalmente de pessoas idosas que acabam sendo enganadas. Elas solicitam um copo d’água para tomar e com isso cometem os delitos de forma rápida.

Os golpes são aplicados em especial nos idosos que moram sozinhos. De acordo com Celina Alves Cunha, consócia da Conferência Nossa Senhora da Glória, esse golpe lamentável vem sendo registrado nos últimos dias:
celnrv_glp

Celina Alves Cunha
celnrv_glp

José Raimundo de Almeida, vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (Comid) revela que a grande maioria das pessoas da terceira idade são visitadas e às vezes os crimes são constatados após o ocorrido. Por isso ele deixa o alerta para que os idosos não abram a porta para desconhecidos:
josraim_glp

José Raimundo de Almeida
josraim_glp

Denúncias envolvendo os golpistas que usam os nomes dos Vicentinos podem ser feitas no Conselho Central da Sociedade São Vicente de Paulo, na Rua Major Manoel Antônio, 131, Centro, ou através do telefone do Comid: (37) 3236- 3297.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!