Vereadores receberão em breve substitutivo ao projeto que cria agência reguladora de água e esgoto

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

aguaparademinas_tratamento2
Com a saída da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e a chegada da Concessionária Águas de Pará de Minas criou um fato novo no município. A mudança exige a criação de uma agência reguladora por parte da prefeitura.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O projeto chegou a Câmara Municipal no ano passado, mas um grupo de empresários pará-minenses pediu um prazo maior para discutir a matéria e fazer modificações que possam dar mais garantias a população.

A Agência Reguladora dos Serviços de Água e Esgoto no Município de Pará de Minas (ARSAP) ficará responsável pela liberação de reajustes nas contas de água, bem como a fiscalização do serviço de abastecimento e tratamento de esgoto no município durante os próximos 34 anos.

A proposta foi retirada do Poder Legislativo pelo líder do prefeito, vereador Marcus Vinícius Rios Faria. Até o momento a prefeitura não encaminhou o novo projeto para ser apreciada e votada pelos vereadores.

Na última reunião da Câmara Municipal a população cobrou providências em relação a água amarelada que está chegando as torneiras. Diretores da Águas de Pará de Minas participaram e deram explicações técnicas.

Novamente veio à tona o projeto que criará a Arsap. Durante a reunião o vereador Marcus Vinícius Rios Faria deu a notícia de que um substitutivo deverá ser encaminhado dentro de alguns dias:

Marcus Vinícius Rios Faria
marcvin_arsap

O novo projeto foi elaborado por técnicos da prefeitura e representantes do Grupo Mais. Foram realizadas algumas alterações visando garantir mais autonomia a nova autarquia que será criada pelo município.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!