Casal vítima de incêndio vive com apoio da população e pede ajuda para reparar equipamento de trabalho

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


No dia 11 de setembro um incêndio criminoso de grandes proporções foi registrado no perímetro urbano de Pará de Minas. As chamas se alastraram pela vegetação seca e atingiram várias residências no bairro Várzea.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


A fumaça se espalhou por toda a região central da cidade e provocou mal estar nas pessoas que sofrem de doenças respiratórias. O fogo destruiu uma grande área as margens do ribeirão Paciência e nas proximidades da avenida Alano Melgaço.


Equipes da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Pará de Minas trabalharam duro para combater as chamas. O cenário de destruição impressionava a todas as pessoas que passavam pelo local.


Muitos moradores tentaram ajudar os bombeiros militares utilizando mangueiras e baldes de água. Mas o incêndio só foi controlado durante a noite e chegou a atingir algumas moradias e terrenos.


Uma das residências mais afetadas foi a do catador de materiais recicláveis Antônio Alves de Oliveira. O galpão anexo também foi atingido e todo o estoque de reciclados incendiado.

Agora o trabalhador vive de doações feitas pela população paraminense, pois não tem condições de voltar a trabalhar. A prensa mecânica que ele usava para preparar os materiais também foi queimada:


Antônio Alves de Oliveira
ajudaantonioalves

A esposa do catador de materiais recicláveis, Maria Helena dos Reis Oliveira, conta que pessoas caridosas doaram alguns móveis e mantimentos. No entanto, ela revela que está difícil retornar a vida normal:


Maria Helena dos Reis Oliveira
ajudamariahelena


O casal reside na avenida Alano Melgaço, na Várzea. Os interessados em ajudar poderão doar mantimentos ou contribuir com o reparo da prensa de materiais recicláveis.

O incêndio provocou um prejuízo aproximado de R$ 30 mil para o casal.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!