Para aumentar a sensação de segurança, Polícia Militar reativa Patrulha Escolar em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Após a repercussão de um plano de ataque encontrado na Escola Estadual Manoel Batista em Pará de Minas no dia 18 de março de 2019, as atenções se voltaram à segurança das escolas municipais, como estaduais e particulares.

As investigações da Polícia Civil levaram até um estudante de 18 anos que assumiu ter feito os desenhos e escritos das quatro folhas de caderno é esquizofrênico – o que foi comprovado por meio de laudos – foi expulso da escola e agora terá outras opções para terminar o segundo grau, já que ele está no terceiro ano do ensino médio.

Desde então pais, funcionários das instituições de ensino e estudantes estão com medo e pedem ações capazes de aumentar a sensação de segurança dentro e fora das escolas.

Representantes da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Pará de Minas solicitou ao comando da 19ª Companhia Independente de Polícia Militar se reuniram para traçar estratégias e tranquilizar quem trabalha e estuda nestas instituições.

A reunião foi coordenada pelo subcomandante da Unidade, capitão Fábio Santos. Coube a ele repassar aos diretores as técnicas indicadas para tranquilizar funcionários e alunos. Participaram do encontro representantes das redes estadual e municipal de ensino, além de diretores de escolas particulares.

A primeira medida foi criar um grupo no WhatsApp onde participam os diretores, representantes da SRE e o comando da Polícia Militar (PMMG). Neste espaço de comunicação eles podem explicar situações inusitadas que põem em risco a integridade dos estudantes e funcionários.

Outra ação importante será desencadeada pelo comanda da Polícia Militar em Pará de Minas. Trata-se da reativação da Patrulha Escolar nos próximos dias. Os militares estarão dentro e fora das escolas observando situações suspeitas de quem frequenta as instituições:


Fábio Santos
capitaofabiopatrulhaescolar1

A porta das instituições de ensino é um local visado por marginais. Recentemente publicação no Portal GRNEWS relatava a prisão de um indivíduo suspeito de vender drogas nas proximidades de uma escola no bairro JK em Pará de Minas.

Com a reativação da Patrulha Escolar, a expectativa da PM é coibir também este tipo de crime:

Fábio Santos
capitaofabiopatrulhaescolar2

E mais uma vez a Polícia Militar conta com o apoio da população. Denúncias são imprescindíveis para que os militares cheguem até os criminosos. Importante destacar que o sigilo é garantido para quem denunciar crimes:

Fábio Santos
capitaofabiopatrulhaescolar3

Como parte das ações da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), a atuação das equipes da Patrulha Escolar vão além da ronda na porta das escolas nos horários de entrada e saída de alunos.

Os militares também realizam visitas, na maioria das vezes, semanais podendo acontecer ainda palestras e ter uma espécie de bate papo com os estudantes. O objetivo é estreitar os laços entre Polícia Militar e a comunidade escolar.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!