Após regredir para onda vermelha, Pará de Minas proíbe shows musicais e som mecânico em bares e eventos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Como o Portal GRNEWS adiantou, nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, um novo decreto sobre medidas temporárias para prevenção ao contágio pelo novo coronavírus seria publicado pela Prefeitura de Pará de Minas com algumas restrições.

Conforme publicado pelo Portal GRNEWS, o Governo de MG reconheceu o aumento no número de casos suspeitos, confirmados e de óbitos em Pará de Minas na semana passada. Por isso classificou a microrregião da qual a cidade é sede na onda vermelha, fase mais restritiva do Minas Consciente. Pará de Minas contabiliza 11.368 casos suspeitos, 2.178 positivos e 62 mortes.

O Decreto nº 11.464/2021 foi publicado na tarde desta sexta-feira (27) e traz mudanças. Bares, restaurantes, lanchonetes, praças de alimentação de shoppings e lojas de conveniência podem funcionar de 6 às 23 horas diariamente, desde que não supere 40% da capacidade máxima. É preciso ainda observar o distanciamento mínimo de dois metros entre as mesas e de no máximo seis pessoas por mesa.

O estabelecimento deve oferecer ainda álcool em gel 70% em cada mesa, balcão, bancadas e local de atendimento dos clientes. No self-service o cliente deve usar máscara, higienizar as mãos e utilizar luvas.

Estão proibidos shows musicais de qualquer natureza, som mecânico com ou sem DJ e pistas de dança.

Eventos podem continuar desde que seja respeitado o distanciamento linear de 1,5 metro, limite máximo de 100 pessoas e limite de ocupação de 75% no local. Nos eventos estão proibidos shows musicais e som mecânico com ou sem DJ.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!