Antônio Júlio descarta demissões na prefeitura e luta para pagar servidores em dia

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

antjul_dmsprf
A crise financeira ganha novos capítulos preocupantes a cada dia que passa. Os efeitos da desaceleração da economia vêm sendo sentidos pelos trabalhadores brasileiros e a situação está ganhando grandes proporções.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Empresas estão demitindo colaboradores para reduzir custos enquanto outras estão reduzindo salários e jornadas de trabalho. A recessão chegou a afetar até os cofres públicos com a queda acentuada na arrecadação de impostos.

O cenário é preocupante, com inflação alta, juros absurdos e aumento do desemprego. O Governo Federal divulgou um balanço negativo no crescimento do país para este ano. O Governo de Minas Gerais também apresentou orçamento deficitário para o exercício 2016.

As contas públicas continuam no vermelho e a matemática nunca fecha. Uma das grandes preocupações dos gestores públicos é em relação ao pagamento dos servidores. A folha de pagamento é um dos custos mais altos da máquina pública.

Em Pará de Minas a prefeitura apertou o orçamento e conseguiu quitar três folhas de pagamento no final do ano passado. Segundo o prefeito Antônio Júlio de Faria, praticamente não houve atraso na quitação dos compromissos:

Antônio Júlio de Faria
antjul_dmsprf1

Ele voltou a afirmar o arrocho financeiro que se encontra o Poder Executivo Municipal. De acordo com ele as despesas continuam maiores que as receitas e isso vem exigindo um verdadeiro jogo de cintura para manter a prefeitura:

Antônio Júlio de Faria
antjul_dmsprf2

Sobre a possibilidade de demitir servidores públicos, o prefeito de Pará de Minas afirma que essa seria a última opção. Ele garante que até o momento não existe nenhuma perspectiva de demissão de servidores públicos municipais:

Antônio Júlio de Faria
antjul_dmsprf3

Mesmo com as dificuldades financeiras que vem enfrentando a expectativa do prefeito é pagar o salário dos servidores públicos, referente ao mês de fevereiro, no quinto dia útil do mês de março.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!