Escassez de chuvas é desequilíbrio causado pelo homem ao meio ambiente, afirma ativista ambiental

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Algumas regiões brasileiras enfrentam mais um longo período de estiagem. A falta de chuvas resulta em seca nos diversos estados do país, especialmente nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em Minas Gerais muitos municípios estão sofrendo com a falta de água para abastecer a população. Os gestores estão adotando sistemas de rodízio e racionamento para que os consumidores sejam atendidos.

As vegetações também estão apresentando os efeitos da escassez de chuvas. A situação é preocupante e afeta todo o sistema produtivo, especialmente um dos pilares da economia brasileira – o setor do agronegócio.

Pará de Minas sofreu há alguns anos com a falta d’água provocada pela baixa nos mananciais que abastecem a cidade. Este ano a concessionária Águas de Pará de Minas garante que não faltará água para a população paraminense.

O desequilíbrio ambiental provocou também este ano uma proliferação de pernilongos. Uma verdadeira nuvem de insetos está tirando o sossego das pessoas e dificultando a noite de sono.

De acordo com a educadora e ativista ambiental Sônia Naime, todos os problemas enfrentados junto à natureza foram gerados pela falta de equilíbrio provocada pelo ser humano. Tudo é resultado da falta de respeito ao meio ambiente:


Sônia Naime
secasonianaime1

Aponta que o asfaltamento das ruas no perímetro urbano provoca uma impermeabilização do solo. Com isso a água das chuvas não consegue infiltrar no subsolo e reabastecer os lençóis freáticos e as nascentes:

Sônia Naime
secasonianaime2

Informa que o Ministério do Meio Ambiente solicitou aos municípios um levantamento das árvores no meio urbano. Com isso é possível replantar as espécies nativas de cada região e melhorar o clima:

Sônia Naime
secasonianaime3

A falta de água tem feito com que muitos perfurem poços artesianos sem os devidos critérios, o que pode agravar ainda mais a crise hídrica. Por isso é importante o plantio de árvores e a preservação de nascentes.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!