Filha diz que Dengue hemorrágica matou seu pai em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

resultado_exame_dengue2
Um dia após a Secretaria Municipal de Saúde divulgar oficialmente o estado de epidemia de Dengue em Pará de Minas, a reportagem do Portal GRNEWS ouviu familiares de uma possível vítima fatal causada pela doença.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Na semana passada faleceu com sintomas suspeitos de Dengue o motorista Jesus Alves Melo, de 56 anos. Repentinamente ele começou a sentir fortes dores abdominais, pelo corpo, na cabeça e chegou a evacuar sangue.

A família levou o trabalhador para uma unidade de saúde e foram realizados exames laboratoriais para investigar as causas. Os resultados mostraram que o paciente estava com o organismo fragilizado e precisava de cuidados.

Segundo a filha do motorista, Jordânia Aparecida Guimarães Melo, ele chegou a tomar alguns medicamentos porque achava que estava resfriado e com isso o estado de saúde começou a se agravar.

Ela conta que em um prazo de apenas 24 horas o pai foi internado e transferido para um Centro de Terapia Intensiva (CTI) em Divinópolis. Mas, ele não resistiu e acabou falecendo. Os médicos apontaram uma hemorragia como causa da morte.

Jordânia Aparecida confirmou que o pai havia tomado medicamentos para tratar um possível resfriado e só depois veio a descobrir que estava com os sintomas da Dengue:
jordap_resdg

Jordânia Aparecida Guimarães Melo
jordap_resdg1

Ela revela que o quadro do pai se agravou muito rápido e ele havia perdido uma grande quantidade de sangue e chegou a receber doze bolsas de sangue alogênico de forma intravenosa:

Jordânia Aparecida Guimarães Melo
jordap_resdg2

resultado_exame_dengue1
A jovem garante que o pai sempre apresentou boa saúde e isso era comprovado através dos exames periódicos que eram feitos na empresa onde trabalhava. Ela suspeita que ele foi vítima da Dengue hemorrágica:

Jordânia Aparecida Guimarães Melo
jordap_resdg3

O motorista Jesus Alves Melo, de 56 anos, morava na rua Padre Zanor, bairro Dom Bosco, em Pará de Minas. O corpo dele foi sepultado no Cemitério Municipal Santo Antônio na última sexta-feira (19).

A reportagem do Portal GRNEWS conversou por telefone com o secretário municipal de Saúde, Cléber de Faria Silva sobre o assunto. Ele disse que existem três suspeitas da causa da morte do paciente, uma delas é a Dengue.

Porém, o secretário informou que está aguardando a investigação do caso por parte da Secretaria de Estado da Saúde e assim que o resultado oficial dos exames estiver pronto ele se pronunciará oficialmente sobre o assunto.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!