MP e Conselho Municipal da Criança e do Adolescente discutem às atribuições dos conselheiros tutelares

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

palestra_patronato
Nesta quarta-feira (23) foram realizadas duas palestras nas dependências do Instituto Coronel Benjamim Ferreira Guimarães (Patronato) abordando as atribuições de todos os membros do Conselho Tutelar nos municípios.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Participaram do encontro diversos educadores, conselheiros, vereadores e secretários de sete municípios que compõem a Comarca de Pará de Minas. Na oportunidade foram enfatizadas as atribuições dos atores que formam a rede de proteção aos direitos da criança e do adolescente.

O promotor de Justiça, Charles Daniel França Salomão, responsável pela curadoria que cuida da defesa dos direitos das crianças e adolescentes, participou da capacitação visando fortalecer o atendimento das demandas.

Ele ressalta que a delinquência juvenil vem crescendo assustadoramente na sociedade brasileira e o Estado sozinho não conseguirá reverter esse quadro. Por isso é importante o resgate de valores e de estruturação das famílias:

Charles Daniel França Salomão
charlsdnl_plstr1

O representante do Ministério Público afirmou que, infelizmente, muitos pais “terceirizaram” a educação dos filhos. Isso faz com que a escola assuma um papel cada vez mais importante na formação de bons cidadãos:

Charles Daniel França Salomão
charlsdnl_plstr2

Miriam Maria José dos Santos, articuladora institucional da Inspetoria São João Bosco, representante do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, veio a Pará de Minas falar aos conselheiros tutelares sobre a importância de se cobrar as responsabilidades da família, da sociedade e do Estado:
mirianmar_plstr

Miriam Maria José dos Santos
mirianmar_plstr

Laudelina Ferreira de Oliveira, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), explica que foi uma grande oportunidade de levar mais conhecimento aos conselheiros tutelares da microrregião:

Laudelina Ferreira de Oliveira
lauder_plstr

Qualquer caso de violação de direitos de crianças e adolescentes, bem como abusos dentro e fora do âmbito familiar, deve ser denunciado ao Conselho Tutelar. O órgão atuará juntamente com a Polícia Civil e a Polícia Militar, Ministério Público e o Poder Judiciário.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!