Pará de Minas implanta unidade para diagnóstico e tratamento de síndromes gripais no prédio do antigo P.A.

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou em um boletim epidemiológico, que Pará de Minas possuía até sexta-feira (20) seis casos notificados de pacientes com o novo coronavírus. Os exames ainda são analisados em laboratórios e não foram confirmados, porém os pacientes estão com todos os sintomas do Covid-19. Outros dois casos também devem ser acrescentados em breve nestas suspeitas.

Na quinta-feira (19), um paraminense recém-chegado de viagem aos Estados Unidos, apresentava sintomas da doença e foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas. Informações indicam que ele teria se cansado da espera, que durou horas, e resolveu ir pra casa. Porém, a Polícia Militar foi acionada e ele teve que assinar um termo acordando a quarentena domiciliar. As amostras foram colhidas e serão examinadas, conforme explica o secretário Municipal de Saúde, Wagner Magesty:


Wagner Magesty
wagnercoronavsit1

O Portal GRNEWS apurou também que outro caso suspeito é de um estudante de uma escolar particular da cidade que está com todos os sintomas da doença. O problema é que a Secretaria Municipal de Saúde não foi notificada do caso e o garoto foi levado pela família para o Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte.

Diante da situação, o secretário está entrando em contato com alunos da sala do adolescente, para saber sobre um possível contágio:

Wagner Magesty
wagnercoronavsit2

Desde quinta-feira (19), funcionários do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) estão trabalhando na mudança de local. O órgão funcionará a partir de terça-feira, 24 de março, em novo endereço.

O antigo prédio do Pronto Atendimento (P.A.) será a unidade sentinela para diagnóstico e tratamento do novo coronavírus. Todos os casos serão encaminhados para o imóvel que será totalmente adaptado durante o fim de semana:

Wagner Magesty
wagnercoronavsit3

A Secretaria já trabalha na contratação de médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem que trabalharão diretamente na unidade:

Wagner Magesty
wagnercoronavsit4

O TFD passa a funcionar a partir do meio dia do dia 24 de março na Rua São José, número 334, Centro, onde funcionava a Defensoria Pública. A orientação é que os pacientes solicitem ao TFD o adiamento das consultas que não forem absolutamente necessárias. Já os paraminenses em tratamento contra o câncer e os que fazem hemodiálise continuarão sendo levados normalmente. Para isto algumas medidas de prevenção serão tomadas ao longo do trajeto e também durante o tratamento.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!