Economista diz que poupança não é atrativa e investidor precisa buscar aplicações mais vantajosas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

dinheiro100
Há décadas o brasileiro dá preferência ao investimento na tradicional caderneta de poupança. A opção é escolhida pela maioria devido às facilidades e a segurança dos investimentos nas instituições financeiras, além de poder retirar os valores a qualquer momento.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Mas, a atual situação do mercado financeiro fez com o que os rendimentos da poupança recuassem. Os valores corrigidos em conta têm como base a Taxa de Referência (TR), a qual não está atrelada a inflação.

Segundo o economista Eduardo de Almeida Leite milhões de pessoas que aplicam recursos na caderneta de poupança ainda não acordaram para os baixos rendimentos em relação a outros fundos de investimentos:

Eduardo de Almeida Leite
edleit_invst1

edleit_amb
Mesmo rendendo pouco, o economista afirma que a poupança é muito simples e caiu nas graças dos brasileiros. No entanto, é preciso buscar uma reposição acima do índice de inflação para que não haja perdas no poder de compra:

Eduardo de Almeida Leite
edleit_invst2

Eduardo de Almeida Leite acredita que a maior parte dos investidores se acomodou e por isso não mudou as aplicações financeiras. Ele ressalta a importância dos poupadores mudarem o foco, pensando em lucro a longo prazo:

Eduardo de Almeida Leite
edleit_invst3

Entre os meios de fazer um bom investimento com um valor baixo é o Tesouro Direto. Segundo Eduardo de Almeida Leite, a partir de apenas R$ 30,00 é possível fazer a aplicação e cada instituição financeira precisa ser consultada quanto aos outros fundos:

Eduardo de Almeida Leite
edleit_invst4

O economista frisa a importância dos investidores procurarem os gerentes do banco para estudar a melhor aplicação a ser feita e de acordo com as necessidades dos interessados em investir no mercado financeiro:

Eduardo de Almeida Leite
edleit_invst5

Antes de fazer aplicações é preciso buscar informações e traçar metas de rendimentos junto a um economista ou uma instituição financeira. São muitos detalhes a serem verificados e os riscos envolvidos para que o investidor não tenha o dissabor de contabilizar prejuízos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!