Gatilho do preço dos combustíveis dispara e gasolina passa de R$ 5,10 o litro em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Petrobras aumentou em 0,80% o preço do diesel e em 1,34% a gasolina nas refinarias. Os novos preços entraram em vigor no sábado, 19 de maio, configurando o 5º reajuste somente na semana passada.


Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


Com isso os preços dos combustíveis atingiram as novas máximas dentro da política da empresa que vigora desde julho. O preço do litro do diesel nas refinarias foi a R$ 2,3488 e R$ 2,0680 o litro de gasolina.


Apenas no acumulado da semana que passou, a alta atingiu 6,98% nos preços da gasolina e de 5,98% no diesel. A decisão de repassar o aumento cobrado pela Petrobras para o consumidor final é dos postos de combustíveis.


Em Pará de Minas os proprietários de veículos já estão sentindo o peso no bolso. A reportagem do Portal GRNEWS percorreu diversos postos de combustíveis da cidade na sexta-feira (18) e constatou que o maior preço da gasolina chegou a R$ 5,102. O óleo diesel R$ 4,17 e o álcool R$ 3,03.


Em outros estabelecimentos os valores da gasolina variam entre R$ 4,34 e R$ 4,79. O diesel de R$ 3,89 a R$ 4,25. Já o álcool ficou entre R$ 2,93 e R$ 3,64. Os preços são considerados muito altos pelos consumidores.


Porém, é importante ressaltar que um gerente de posto de combustíveis, que não será identificado publicamente, disse que na noite de sexta (18) os preços seriam aumentados novamente o mesmo deveria acontecer no sábado (19), quando passou a vigorar o quinto reajuste seguido anunciado pela Petrobras em uma semana.


Ciente que o consumidor está insatisfeito com o preço absurdo dos combustíveis no país, o empresário Evaristo Rodrigues de Almeida, proprietário de um posto de combustíveis em Pará de Minas, explica que está trabalhando com dificuldades para manter o estabelecimento devido funcionando devido à alta carga tributária. Disse ainda que os preços são formulados levando em consideração a qualidade dos combustíveis e os custos envolvidos:


Evaristo Rodrigues de Almeida
altadoscombustiveisevaristorodrigues


O comerciante Reinaldo Baía parou para abastecer seu veículo e classificou como absurdo o preço dos combustíveis. Ele ressalta que a população brasileira aceita tudo calada enquanto o governo não toma nenhuma medida efetiva para melhorar a situação:


Reinaldo Baía
altadoscombustiveisreinaldobaia


Nos últimos meses milhares de brasileiros estão deixando o carro na garagem e utilizando motocicletas como meio de transporte. Em muitos casos o transporte coletivo tem sido outra opção.


Insatisfeita com a política de preços dos combustíveis praticada pelo governo federal por meio da Petrobras com aumentos absurdos, a Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) convocou paralisação geral nacional a partir desta segunda-feira (21).


A entidade cobra do governo federal medidas para mitigar o impacto do aumento do diesel, como a isenção de tributos.

O anúncio foi feito na sexta (18) em nota após o governo federal não atender às demandas apresentadas pelos representantes dos caminhoneiros brasileiros. Importante lembrar, que sem caminhão, o Brasil para.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!