Papagaios registra primeiro caso suspeito do Covid-19 e decreta Situação de Emergência na Saúde Pública

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

No dia 17 de março de Papagaios registrou o primeiro caso suspeito do novo coronavírus (Covid-19) no município. O paciente mora em outra cidade, mas trabalha em Papagaios. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele apresentou sintomas leves e teve contato com um caso suspeito e está em casa, em isolamento.

A prefeitura publicou o Decreto nº 1.614 onde declarando Situação de Emergência na Saúde Pública e estabeleceu medidas de enfrentamento ao Covid-19. Esta situação permanecerá por no mínimo 180 dias.

O documento decreta ainda que estão suspensas pelos próximos 30 dias a realização de eventos festivos, esportivos, culturais, religiosos, políticos, educacionais ou outras atividades coletivas; canceladas também atividades no Parque de Exposições e Eventos Hélio Filgueiras de Vasconcelos e no Poliesportivo Rômulo Chaves Nogueira; e suspensas aulas das escolas municipais, estaduais, particulares, de universidades e cursos técnicos.

As oficinas realizadas no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) também estão suspensas. Além disso, o prefeito decretou que idosos com sintomas da doenças terão prioridade em qualquer atendimento.

Ao Portal GRNEWS, Mário Reis Filgueiras (PSDB) explica que novo decreto foi assinado no início da tarde desta sexta-feira, 20 de março. Nele, a determinação para fechamento de bares, restaurantes, trailers e food trucks instalados no município.

Além disso, haverá limitação de pessoas dentro de agências bancárias e lojas. Clínicas e salões de beleza também foram orientados a fechar as portas. Mas o prefeito garante que, a medida só será válida se a região também fizer o mesmo:


Mário Reis Filgueiras
marioreiscoronappg1

Estas medidas adotadas a partir desta sexta-feira valem por todo o fim de semana. Dependendo da situação, segundo o prefeito, as ações podem ser ainda mais firmes na próxima semana:

Mário Reis Filgueiras
marioreiscoronappg2

O decreto estabelece ainda que os servidores que apresentarem os sintomas da doença devem permanecer em casa. Atendimentos nas unidades de saúde onde há grande fluxo de pessoas serão realizados com acesso restrito para evitar aglomeração em ambiente fechado.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!