Indignados com a reforma da Previdência, vereadores querem deputados federais discutindo o tema com paraminenses

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Na noite desta segunda-feira, 20 de março, foi realizada a reunião Ordinária semanal da Câmara Municipal de Pará de Minas. As discussões começaram mais cedo, ainda no Plenarinho, quando trataram da gestão da saúde com o prefeito Elias Diniz que anunciou Paulo Duarte como secretário interino de Saúde, acumulando as tarefas da pasta de Cultura e Comunicação Institucional.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


Outro assunto que despertou grande debate durante a reunião foi a reforma da Previdência Social que está sendo discutida em comissão especial da Câmara dos Deputados em Brasília. A proposta do governo federal praticamente acaba com a chance da maioria dos brasileiros se aposentarem. Para a maioria esmagadora esta proposta de Michel Temer é uma covardia com o povo brasileiro.

Indignados com a possibilidade de perderem direitos adquiridos, já que o governo federal quer mudar as regras do jogo “com a partida em andamento”, um grupo expressivo de professores e alunos da rede estadual de ensino de Pará de Minas compareceu à Câmara Municipal com faixas, cartazes e usando narizes de palhaço. O recado era direto e objetivo – todos contra a reforma da Previdência Social.

O professor Inácio Lopes da Silva, que leciona na Escola Estadual Fernando Otávio, participou da manifestação e afirma que o rombo previdenciário foi provocado por roubalheira e a conta está sendo repassada para os trabalhadores:

Inácio Lopes da Silva
reformainaciolopesdasilva

O vereador Gladstone Correia Dias (PSDB), que também é professor, demonstrou sua insatisfação por meio de um requerimento assinado por todos os vereadores da Câmara Municipal de Pará de Minas contra a reforma da Previdência Social proposta pelo governo federal.

No documento os vereadores convidam deputados federais para debater a reforma junto aos profissionais da educação e de outros setores que serão muito prejudicados, caso a reforma seja aprovada na Câmara dos Deputados, em Brasília. O manifesto foi elaborado após professores cobrarem dos vereadores uma posição sobre o tema. Os membros do Legislativo paraminense então decidiram cobrar explicações e posicionamentos claros dos deputados federais votados em Pará de Minas:

Gladstone Correia Dias
reformagladstonecorreia

O experiente vereador Marcos Aurélio dos Santos (DEM) destacou em seu pronunciamento na tribuna, uma enquete feita pelo jornal O Tempo, edição de domingo 19 de março. O jornal ouviu os 53 deputados federais mineiros, dos quais dez se mostram favoráveis a reforma da Previdência Social, entre eles o deputado federal Eduardo Barbosa:

Marcos Aurélio dos Santos
reformamarcosaurelio1


Ele disse ainda que em Pará de Minas já foram realizadas duas manifestações contrárias a reforma da Previdência Social, mas ele não participou das mesmas devido ao processo de recuperação de uma cirurgia a qual foi submetido recentemente.

Mas o vereador e também professor faz questão de deixar claro sua posição contrária a reforma proposta pelo governo federal que prejudica os trabalhadores brasileiros, principalmente os profissionais da educação:

Marcos Aurélio dos Santos
reformamarcosaurelio2


Marcos Aurélio dos Santos disse que a lista de deputados federais convidados para debater o tema com os paraminenses deverá ser grande para que os mesmos compareçam à Câmara Municipal de Pará de Minas. Também conclama trabalhadores de todas as categorias para que se manifestem contrários e pressionem os deputados a votarem contra a proposta do presidente Michel Temer que retira direitos do cidadão brasileiro:

Marcos Aurélio dos Santos
reformamarcosaurelio3

Marcílio Magela de Souza, vereador e presidente do Diretório Municipal do PMDB, também se manifesta contrário a reforma da Previdência Social, mesmo sendo do mesmo partido do presidente da República Michel Temer.

Ele conclama a população a se manifestar contra esta proposta que prejudicará o povo brasileiro. Por isso, faz questão de demonstrar sua indignação e repúdio a reforma da Previdência Social:

Marcílio Magela de Souza
reformamarciliomagela1

O vereador e secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Pará de Minas Marcus Vinícius Rios Faria, também é contra a reforma da Previdência Social, mesmo sendo do PMDB, mesma legenda do presidente Michel Temer.

Ele argumenta que os deputados do PMDB, das bancadas estadual e federal de Minas Gerais, já se manifestaram contrários a proposta. Marcus Vinícius Rios Faria sustenta que é totalmente contra a reforma da Previdência Social, porque ela retira direitos do trabalhador brasileiro. Para ele a proposta do governo federal é uma aberração política:

Marcus Vinícius Rios Faria
reformamarcusvinicius1

O presidente da Câmara Municipal, Mário Justino da Silva (PRB), fez uma análise muito positiva da reunião Ordinária da noite desta segunda (20). Ele informa que no próximo sábado 25 de março, a partir das 9 horas, deverá ser realizado um encontro na sede do Poder Legislativo.

Todos os deputados federais que foram votados em Pará de Minas nas últimas eleições serão convidados a participar de uma discussão sobre a PEC 287 que está tramitando na Câmara dos Deputados, em Brasília:

Mário Justino da Silva
reformamariojustinodasilva

Toda a população e as entidades de classe estão convidadas a participar da reunião de sábado, 25 de março, a partir das 9 horas, na Câmara Municipal de Pará de Minas. Uma oportunidade para a sociedade se manifestar sobre a Reforma da Previdência.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!