Secretário da Mesa Diretora cobra indicação do novo líder do prefeito na Câmara Municipal

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


No início do mês de outubro ocorreu um fato que causou surpresa na Câmara Municipal de Pará de Minas. Depois de 10 meses da atual administração pública, o então líder do prefeito, Rodrigo Varela Franco (PSD) colocou o cargo à disposição.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O vereador enviou um ofício ao chefe do Poder Executivo Municipal agradecendo a confiança depositada e deixando a função para outro parlamentar que venha a ser indicado.

O vereador disse que tomou a decisão por motivos particulares e de forma tranquila, pois pertence ao mesmo partido de Elias Diniz (PSD). Desde então o cargo de líder do prefeito está vago no Poder Legislativo Municipal.

Os últimos dias foram de muitas discussões e trabalhos entre os vereadores. Todas as comissões permanentes estão analisando as documentações que tratam das denúncias apresentadas pelo ex-secretário municipal de Gestão Pública, Fernando Antônio do Amaral, o Timbé.

Até uma Comissão Especial foi formada e está sendo presidida pelo vereador Marcílio Magela de Souza (PMDB). O relatório final dos trabalhos deverá ser apresentado nos próximos dias.

Mesmo com o grande volume de trabalho, o vereador Marcus Vinícius Rios Faria (PMDB), secretário da Mesa Diretora da Casa, apresentou um requerimento para que o prefeito indique outro líder.

Ele destaca a importância de existir um elo entre a Câmara Municipal e o Poder Executivo. Esta função é realizada pelo líder durante as reuniões ordinárias e extraordinárias:


Marcus Vinícius Rios Faria
liderdoprefeitomarcus1

Ele desconhece os motivos que levaram o gestor a não indicar um novo líder no Poder Legislativo. Ressalta que o artigo 30 do Regimento Interno prevê a indicação no início de casa sessão dos vereadores:

Marcus Vinícius Rios Faria
liderdoprefeitomarcus2

O prefeito Elias Diniz levou seu gabinete para o Hospital Nossa Senhora da Conceição depois da interdição da instituição e ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. A prioridade no momento tem sido garantir o atendimento da unidade de saúde a população da região.

 

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!