Profissionais da educação municipal de Pará de Minas confirmam greve sanitária a partir de agosto

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Como o Portal GRNEWS antecipou, na sexta-feira (16), os profissionais da Educação do Município se reuniriam virtualmente para uma assembleia geral. O objetivo do encontro era tratar do retorno presencial às aulas, marcado para 3 de agosto. Até o dia 6 de agosto os profissionais terão reuniões para orientações e treinamento de estratégias. Os alunos retornam no dia 9 de agosto.

Porém, os profissionais temem por este retorno, já que a maioria tomou apenas a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Eles estão preocupados também com possíveis surtos da doença.

Diante de todas as informações, eles decidiram pela greve sanitária, como contou ao Portal GRNEWS a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Pará de Minas (SITRASERP), Tânia Valeriano Chaves Leite:


Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavclgrevesanit20211

A presidente do SITRASERP ressalta ainda que enquanto durar a greve sanitária, os alunos terão aula normalmente, de forma remota, como vem acontecendo desde o ano passado:

Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavclgrevesanit20212

Explica ainda a diferença entre greve sanitária e trabalhista, deixando bem claro que não haverá prejuízos ao ensino:

Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavclgrevesanit20213

O Sindicato vai comunicar em breve à Secretaria Municipal de Educação a respeito da greve sanitária. A presidente pede ainda a compreensão dos pais:

Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavclgrevesanit20214

A greve sanitária tem início no dia 3 de agosto, quando os profissionais retornariam presencialmente para as instituições de ensino municipais.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!