Mesa Diretora da Câmara revê proposta e retira projeto de reajuste salarial dos vereadores

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O assunto mais comentado desta quinta-feira (18) em Pará de Minas é um projeto de lei protocolado na Câmara Municipal de Pará de Minas. Como o Portal GRNEWS adiantou ontem (17), a Mesa Diretora propôs revisão remuneratória para reajustar os subsídios dos 17 vereadores paraminenses e os salários dos servidores do Legislativo.

Como já informado, caso o projeto fosse aprovado, o subsídio do vereador passaria para R$ 9.905,19, sendo o reajuste de 4,56% sobre o salário base.

Importante ressaltar que o projeto que reajusta o salário dos servidores do Legislativo paraminense foi mantido.

A publicação gerou questionamentos e indagações da população. Nas redes sociais do Portal GRNEWS e em grupos do WhatsApp, os paraminenses se mostraram indignados. Uns disseram se tratar de “farra do dinheiro público”, outros disseram que “os vereadores também deveriam recebem R$ 1.100,00”. Tem também quem disse que “muda as caras, mas o sistema é o mesmo”, e outros disseram que “os novos vereadores deveriam dar um bom exemplo e votar contra”.

Devido a repercussão negativa e, antes de ser analisado pelas comissões permanentes e os próprios vereadores, o projeto foi retirado de pauta. A informação veio do presidente da Mesa Diretora da Câmara Gladstone Correa Dias (PSDB) que explica o motivo:


Gladstone Correa Dias

gladstonecdprojerevsal1

O Portal GRNEWS também ouviu a secretária da Mesa Diretora Irene Melo Franco (PSB), que destaca que a recomposição salarial não pode ser feita no primeiro ano da legislatura:


Irene Melo Franco

irenemelfrancprejerevsal1

Na tarde desta quinta-feira, 18 de fevereiro, o Projeto de Lei 9/2021 que concede revisão remuneratória anual nos subsídios dos vereadores foi retirado do Legislativo paraminense.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!