Vereador cobra apólice de seguro para os veículos da Turi que realizam o transporte coletivo urbano

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Em setembro de 2017 venceu o prazo de vigência do contrato de prestação do serviço de transporte coletivo urbano firmado entre a empresa Turi e o município de Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O documento que expiraria em 2012 foi prorrogado por um período de cinco anos pelo então prefeito José Porfírio de Oliveira Filho (PV), atualmente ocupando o cargo de vice-prefeito e secretário municipal de Obras e Infraestrutura.

Desde 2017 a empresa vem prestando o serviço no município por meio de um contrato provisório. O prefeito Elias Diniz (PSD) já falou sobre a contratação de uma consultoria especializada sobre a mobilidade urbana.

O vereador Mário Justino da Silva (PRB), secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal, impetrou duas ações judiciais pedindo a realização de uma nova licitação para o transporte coletivo da cidade e que os cobradores trabalhem nos ônibus urbanos em Pará de Minas.

Mário Justino da Silva disse na tribuna livre do Poder Legislativo na noite de quinta-feira, 15 de fevereiro, que também solicitou a apólice de seguro da empresa Turi. Trata-se de uma exigência prevista no contrato assinado e tem como objetivo garantir a segurança dos usuários:


Mário Justino da Silva
segurodaturimariojustino1

Dirigiu-se ao plenário e pediu a todos os vereadores o apoio necessário para combater as empresas que desrespeitam as leis municipais e também a população que sofre com um serviço de péssima qualidade:

Mário Justino da Silva
segurodaturimariojustino2

De acordo com Mário Justino da Silva foram impetradas uma Ação Civil Pública na Promotoria de Justiça da Comarca e uma Ação Popular no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Outra cobrança feita é em relação ao cumprimento da lei municipal que proíbe os motoristas a acumularem o cargo de trocador. A proposta de autoria do vereador Antônio Carlos dos Santos (PTB) foi aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito no ano passado.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!