Brasileiro precisa aprender a planejar gastos para controlar receitas e despesas, alerta economista

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O Comitê Nacional de Educação Financeira realiza até domingo, 20 de maio, a Semana Nacional de Educação Financeira. Nesta edição a população é convocada a refletir em formas de administrar melhor o próprio dinheiro.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Dados estatísticos indicam que o brasileiro ainda não compreendeu tudo que envolve receitas e despesas. A 5ª Semana Nacional de Educação Financeira vem alertando para a mudança desse cenário.

Os consumidores precisam entender todos os fatores que influenciam as escolhas financeiras para conseguir equilibrar seus desejos imediatos com suas necessidades de longo prazo.

Para o economista Eduardo Almeida Leite, a educação financeira deveria ser uma matéria da grade curricular das escolas públicas e privadas do Ensino Fundamental. Só assim as novas gerações adotarão a cultura do planejamento dos gastos:


Eduardo Almeida Leite
educacaofinanceiraeduardoleite1

Uma dica importante é que todo produto ou serviço que o consumidor considerar barato seja calculado o custo mensal e anual. Com essas informações que a pessoa descobrirá o valor final, os juros embutidos, entre outros detalhes importantes:

Eduardo Almeida Leite
educacaofinanceiraeduardoleite2

Não existe parcelamento e financiamento sem juros e por isso as famílias precisam ficar atentas. A recomendação é que as compras sejam efetuadas à vista, pois possibilitam até mesmo um bom desconto:

Eduardo Almeida Leite
educacaofinanceiraeduardoleite3

O planejamento financeiro pode ser feito com anotações em papel, planilhas de programas de computadores ou aplicativos de celulares. Registrar toda a vida financeira é essencial para que seja feito um bom planejamento do orçamento:

Eduardo Almeida Leite
educacaofinanceiraeduardoleite4

Os especialistas em finanças destacam algumas dicas importantes que o cidadão deve considerar para controlar receitas e despesas. Veja.

Acompanhe de perto seus gastos e despesas por meio de planilhas, gráficos e anotações.

Considere imprevistos e gastos extras antes de assumir compromissos, especialmente em longo prazo.

Antes de novas compras, procure quitar e negociar suas dívidas.

As faturas não quitadas incorrem em juros altos e podem se transformar na chamada bola de neve que acaba com o orçamento.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!