Ministério da Saúde não envia lote e falta vacina antirrábica em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

cachorro_cao_rua_animais2
Desde o ano de 2008 que não é registrado nenhum caso de transmissão de raiva animal para seres humanos na região de Pará de Minas. Por isso é importante vacinar cães e gastos para que a doença continue erradicada.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em caso de mordida o Ministério da Saúde recomenda que as pessoas procurem logo um posto de saúde para tomar a vacina contra a raiva. Poderão ser administradas até cinco doses, mas cada caso é um caso.

A raiva é uma doença grave e pode levar à morte em quase 100% dos casos. Os principais sintomas em humanos são: coceira, dor de cabeça e coma.

Nos animais, pode haver muita salivação, mudança de comportamento, fuga ou morte. Caso o animal seja desconhecido, é preciso se vacinar. Se tiver com a dose em dia, apenas observe os sintomas e, caso haja alguma mudança, procure um médico.

erica_diadvacina
Em Pará de Minas a vacina está em falta no momento. A informação é de Érica Regina da Silva, coordenadora do setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde. Ela explica as dificuldades enfrentadas para conseguir a medicação:

Érica Regina da Silva
vcantrbergsv1

A vacina antirrábica para pessoas só estão disponíveis através do Ministério da Saúde. Com as doses em falta o recomendado é observar quaisquer sintomas da doença e imediatamente procurar a unidade de saúde:

Érica Regina da Silva
vcantrbergsv2

A transmissão da raiva só ocorrerá caso os cães e gatos não estejam devidamente vacinados. Para os animais a vacina está disponível em clínicas veterinárias e por isso a importância das doses em dia.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!