Vigilância em Saúde promete medidas para evitar aglomeração de gatos nas ruas de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Há meses os paraminenses reclamam da quantidade de gatos nas ruas da cidade. Em alguns pontos a aglomeração é tanta que passa de 30 animais em um só local. Exemplo da área em frente à Escola Municipal de Artes e Ofícios Raimundo Nogueira de Faria (Sica), localizada na rua Doutor Higino, bem no Centro de Pará de Minas.

No local moradores reclamam, além da quantidade de gatos, o mau cheiro que fica diariamente, pois eles moram ali. Eles já tentaram tirar os felinos mas um morador de outro bairro vai todos os dias, de manhã e no fim da tarde, colocar ração para os gatos. Daí a insistência deles em permanecer no local.

Há outras áreas também com aglomeração, como a praça Santo Antônio, no bairro de mesmo nome. Tem até quem coloca comida todos os dias para os animais.

Vizinhos às áreas procuraram a Vigilância em Saúde por diversas vezes para saber como proceder nestes casos, já que o problema não é apenas a aglomeração dos gatos. Como moram nas ruas eles podem trazer doenças graves aos humanos.

A reportagem do Portal GRNEWS conversou com o diretor do Departamento de Vigilância em Saúde Vander da Silva Rodrigues que está por dentro do assunto e infelizmente pela lei, não consegue punir o morador que alimenta os gatos. Mas afirma que medidas serão tomadas em breve:

Vander da Silva Rodrigues
vanderdasilvagatosescart1


Já cogitaram levar estes gatos e abrigá-los no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), porém o local precisa de reformas. Enquanto a obra não sai há possibilidade da população adotar estes animais:

Vander da Silva Rodrigues
vanderdasilvagatosescart2

Os animais disponíveis para adoção podem ser conhecidos através do Instagram no perfil @cczparademinas. Lá são colocadas as fotos dos animais que estão ansiosos para encontrar um lar.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!