Paraminenses reclamam de mato alto nas ruas e responsável pela capina pede compreensão e paciência

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Desde o início de 2019 que a população paraminense está reclamando da sujeira das ruas. O mato alto incomoda moradores de todas as regiões de Pará de Minas que cobram a intervenção das equipes responsáveis pela capina das ruas.

O período de chuvas no fim de 2018 e as pancadas intercaladas com o sol quente neste início de 2019 marcado pelo verão, a estão mais quente do ano, favorece o crescimento rápido do mato, sobrecarregando as equipes da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura.

Na tentativa de atender os reclamantes o mais rápido possível, os homens da capina cumprem um cronograma de limpeza dos bairros, mas priorizam os locais próximos às Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e escolas.

Outra equipe fica responsável pela limpeza nas principais via de acesso do município e também cuidam para que fiquem limpas as praças. Mas a demanda é muito grande para atender a todos que pedem a limpeza em suas ruas.

O diretor de Limpeza Urbana da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Everardo Jeunon Diniz. destaca que em 2018 a situação foi mais tranquila porque o período de chuvas iniciou com maior intensidade a partir de Agosto, quando praticamente toda a cidade estava limpa.

Mas neste início de 2019 a situação está muito difícil. O mato está crescendo com muita rapidez nas ruas, praças e avenidas em razão das chuvas que caem no município. Apesar de ter contratado mais trabalhadores para o serviço, está difícil cumprir o cronograma traçado pelo vice-prefeito e secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura José Porfírio de Oliveira Filho. Por isso, algumas áreas estão sendo priorizadas, antes de limpar os bairros:


Everardo Jeunon Diniz
everardolimpeza1

Com a contratação de mais trabalhadores foram formadas duas equipes de capina. Uma delas está no bairro Novo Horizonte, depois seguirá para o São Pedro e Grão-Pará, posteriormente para o bairro União.

A outra equipe iniciará a limpeza das ruas do bairro São Cristóvão e Conjunto Habitacional Dr. José Pereira Campos a partir de segunda-feira, 21 de Janeiro. Concluindo este trabalho, a equipe limpará o bairro Jardim América. O responsável pelo serviço pede compreensão e paciência aos cidadãos paraminenses:

Everardo Jeunon Diniz
everardolimpeza2

Destaca a dificuldade para a outra equipe manter limpas as vias principais do município e também as praças. Em alguns casos eles voltaram diversas vezes na mesma via devido ao crescimento rápido da vegetação:

Everardo Jeunon Diniz
everardolimpeza3

Para ilustrar, Everardo Jeunon Diniz cita que no fim de 2018 a limpeza foi realizada na Avenida Ovídio de Abreu, uma das principais vias de acesso ao município, e neste início de 2019 o mato já cresceu e a equipe precisará retornar para aquela avenida. O mesmo ocorre em outras avenidas como a Professor Mello Cançado e no Terminal Rodoviário Antônio Epaminondas Marinho.

E ainda tem muito o que fazer. Apesar de todo o trabalho destacado pelo diretor, moradores reclamam de sujeira nas ruas do bairro Dona Tunica e São Francisco, para citar apenas dois exemplos. Na Rua Inocêncio III, atrás da Coopará, além da queixa de mato na rua, moradores e transeuntes também apontam a necessidade de podar as árvores para aumentar a segurança. No período noturno os galhos volumosos ofuscam a claridade das lâmpadas e a rua fica muito escura oferecendo risco para quem passa por aquela via.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!