Águas de Pará de Minas completa seis anos de prestação de serviços e celebra melhorias implantadas na cidade

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A concessionária Águas de Pará de Minas completa, no dia 17 de abril, 6 anos de serviços em Pará de Minas. Desde que chegou ao município, a empresa tem marcado presença na vida dos paraminenses, promovendo melhorias e mudando a história do saneamento da cidade. Hoje, graças aos investimentos feitos nos sistemas, a concessionária leva água de qualidade para 100% da população e faz a coleta e o tratamento do esgoto de 99,4%, índice acima da realidade da maioria dos municípios brasileiros.

Ao assumir a concessão, em 2015, a empresa encontrou uma população que sofria com a falta d’água. Diante desse desafio, em cinco meses, construiu o Sistema de Abastecimento do Paraopeba e resolveu, definitivamente, o problema de fornecimento de água. Em 2019, a captação de água do Rio Paraopeba foi interrompida, devido à contaminação de rejeito resultante do rompimento da barragem em Brumadinho. Sem poder operar seu principal manancial, com boa gestão, a empresa garantiu, por dois anos, o abastecimento de toda a cidade sem interrupções e manteve o seu compromisso de acompanhar e fiscalizar as obras do Sistema de Abastecimento do Rio Pará, construído pela mineradora Vale, para recompor a captação do Rio Paraopeba.

“Estamos muito felizes com o resultado do nosso trabalho. Nesses 6 anos, nossa equipe não mediu esforços para oferecer os serviços com qualidade e, assim, contribuir para a saúde e o bem-estar da população. Enfrentamos muitos desafios e a parceria com as comunidades foi muito importante para a construção dessa história de sucesso. Temos muito orgulho da nossa trajetória”, ressalta o superintendente da Águas de Pará de Minas, Rodrigo Macool.

Sistema de Abastecimento do Rio Pará
A água bruta do Rio Pará, captada no município de Conceição do Pará, está sendo direcionada para a Estação de Tratamento de Água (ETA) Nossa Senhora das Graças, em Pará de Minas, e distribuída para a população, conforme todos os padrões de qualidade exigidos pelo Ministério da Saúde. A nova adutora, de 48 quilômetros de extensão, possui capacidade de pouco mais de 1 milhão de litros por hora, mesma vazão outorgada para Pará de Minas no Rio Paraopeba.

Obras e relacionamento com o cliente
Obras importantes possibilitaram a regularidade no abastecimento de água e a ampliação do sistema de coleta de esgoto. Entre elas, estão a construção do Sistema de Abastecimento Paraopeba; adequações e modernizações na Estação de Tratamento de Água (ETA) Nossa Senhora das Graças e na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) União; a implantação de cinco ETEs nos distritos; a automação de diversas unidades e do Centro de Controle Operacional (CCO); a ampliação da reservação de água do município em 4 milhões de litros, por meio da instalação de reservatórios; e as extensões de redes de água e esgoto. A Central de Relacionamento, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, foi reformada, modernizada e atende plenamente aos critérios de acessibilidade. Os clientes também podem solicitar todos os serviços pelos canais digitais de atendimento.


Modelo de concessão
Com gestão e investimentos, Pará de Minas saiu de um cenário de escassez hídrica e se tornou referência em saneamento básico em Minas Gerais, apresentando índices acima da realidade da maioria dos municípios brasileiros, e um índice de perda de água de 19%, número abaixo da média nacional.  A concessionária já foi destaque em uma pesquisa realizada, em 2018, pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES). O estudo analisou cerca de 2.000 municípios e apenas 80 foram classificados na categoria “Rumo à Universalização”, entre eles, Pará de Minas. No mesmo ano, conquistou o Prêmio Nacional de Qualidade em Saneamento (PNQS), na categoria “As Melhores em Gestão no Saneamento Ambiental (AMGESA)”, Nível B – Cobre.  Entre as 55 candidatas, Águas de Pará de Minas foi a única vencedora representante do estado.

Responsabilidade socioambiental
No decorrer desses anos, a empresa se envolveu em inúmeros projetos de cunho socioambiental, que vão desde o desassoreamento de lagoas, plantio de mudas, atendimento com o ‘Pipinha’ (equipamento para distribuição de água tratada em eventos sem fins lucrativos) até campanhas de doações de sangue, alimentos, agasalhos, brinquedos e materiais escolares.

Com o objetivo de colaborar no âmbito da educação ambiental, a concessionária desenvolve o Programa Olhar Ambiental. Em parceria com os diversos setores da sociedade, a iniciativa visa promover e apoiar ações, como: transmissão de conhecimentos sobre os processos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário; difusão de práticas de conservação do meio ambiente, sobretudo através do uso consciente da água; gestão de resíduos e universalização do saneamento básico.

Para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus em Pará de Minas, a concessionária realizou a limpeza de ruas, praças e unidades de saúde, a instalação de pontos para higienização das mãos e a doação de R$445 mil para pagamento de parte da reforma do Hospital Padre Libério, e compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para os profissionais da saúde.

“Para nós, esses resultados são motivo de muita satisfação. Nosso desejo é estar cada vez mais próximos dos clientes e colaborar em iniciativas que visam promover o bem-estar da população paraminense”, reforça Macool. Com informações da Assessoria de Comunicação da concessionária Águas de Pará de Minas

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!