Mudanças no HNSC passam por contratação de empresa especializada em gestão hospitalar

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O novo modelo de gestão para o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) a ser colocado em prática a partir deste mês de janeiro foi anunciado pelo secretário municipal de Saúde e interventor do hospital, Paulo Duarte, inclusive com as mudanças não estão descartadas demissões.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Essa nova maneira de gerir o HNSC passa pela contratação de uma empresa especializada em gestão hospitalar. E a negociação iniciada pela antiga diretoria do hospital pode ser concretizada em breve com a contratação da empresa RCS, sediada em Belo Horizonte.

As negociações entre a diretoria e representantes da empresa foram antecipadas pelo Portal GRNEWS no dia 7 de novembro de 2017, um dia depois de o único hospital da cidade fechar as portas para a maioria dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Pará de Minas e da microrregião de saúde. Á época, o então provedor do HNSC Osvaldo Alves Leite confirmou à reportagem as tratativas para a RCS atuar na administração do Hospital Nossa Senhora da Conceição.

A parceria com esta empresa especializada em administração hospitalar está sendo concretizada pela Prefeitura de Pará de Minas, que decretou a intervenção no HNSC.

Este é um dos pontos do novo modelo de gestão que pretende modernizar, tornar rentável e ampliar os serviços prestados pelo HNSC como a realização futura de cirurgias cardíacas. A informação é do prefeito Elias Diniz:

Elias Diniz
eliasdinizhnscrcs1


A equipe do Hospital Nossa Senhora da Conceição já está sendo mobilizada para implantar as novas propostas e os conselhos que acompanham a administração do hospital também participarão dessas mudanças.

Um software de prontuário eletrônico também será instalado. Outra mudança será na gestão de demandas do bloco cirúrgico, antes feita pelos médicos, agora será definida pela gestão do hospital:

Elias Diniz
eliasdinizhnscrcs2

Elias Diniz disse ainda que a troca das lâmpadas do HNSC por novas com tecnologia LED repassadas ao HNSC pela Cemig ainda depende de planejamento e de mudanças na lavanderia como parte do projeto para reduzir a conta de energia elétrica e futuramente instalar uma usina de energia fotovoltaica para abastecer o hospital, zerando a conta da Cemig.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!