Pai desmente redes sociais e garante que a pequena Geovana nascida em casa não precisa de doações

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Por mais que se fale em Fake News ou notícias falsas, as pessoas ainda continuam compartilhando informações sem checar os fatos. Nesta terça-feira, 15 de maio, está circulando nas redes sociais em Pará de Minas o áudio de uma mulher solicitando ajuda para uma criança que teria nascido com seis meses. Na gravação a voz feminina diz que a bebê foi jogada dentro do vaso sanitário porque foi rejeitada pela mãe.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Informa também que a gravidez não foi revelada ao marido e pai da criança, que estaria desesperado e pedindo ajuda. Também foram solicitadas doações de roupas de recém-nascido para serem doadas. A mulher também deixou o contato nas redes sociais e se dispôs a buscar os donativos.

Outro detalhe dito no áudio é que a menina estaria com a clavícula quebrada, a língua cortada e com uma lesão na cabeça. O fato chocou milhares de pessoas que receberam as informações.


A reportagem do Portal GRNEWS tentou contato com o telefone indicado nas redes sociais, mas quando dava o primeiro toque de chamada, a pessoa desligava e não atendeu as ligações.

Em seguida a reportagem do Portal GRNEWS apurou o caso junto ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e a família da criança. As explicações foram repassadas pelo pai da bebê, o operador de empilhadeiras Geovane José Maia.

Ele desmente a informação veiculada nas redes sociais de que estaria precisando de doações e que a recém-nascida teria sido abandonada pela mãe, que inclusive está no HNSC acompanhando o marido e a filha. O pai explica que o parto aconteceu dentro do banheiro e todo o socorro foi prestado e também já comprou aproximadamente R$ 1 mil em roupas para a criança:


Geovane José Maia
bebegeovanejosemaia1

Ressaltou que a mulher que espalhou o boato pelas redes sociais precisa tomar mais cuidado com que divulga. Deixou claro que está tomando todas as providências necessárias e agradeceu a preocupação de todos com a criança:

Geovane José Maia
bebegeovanejosemaia2

Confirmou que não sabia da gravidez da esposa e o pré-natal não foi feito durante a gestação. Disse que a mulher estava tratando de um mioma e explicou que as doações podem ser encaminhadas para outras pessoas necessitadas, porque sua pequena não está precisando:

Geovane José Maia
bebegeovanejosemaia3

No início da noite desta terça (15) a reportagem do Portal GRNEWS foi procurada pela mulher que divulgou o áudio nas redes sociais dizendo que estava recolhendo doações para a criança depois de receber a informação pela rede social. Ela explica que recebeu o áudio de uma amiga em um grupo do WhatsApp pedindo doações e ficou comovida com a história.

Ela simplesmente compartilhou a notícia e se colocou a disposição para recolher donativos. Mas a voz do áudio não é dela. Como o número de seu telefone foi compartilhado na rede, muitas pessoas solidárias se ofereceram para ajudar.

Depois que o Portal GRNEWS publicou declarações de Geovane José Maia, pai da pequena Geovana Vitória Maia, afirmando que não precisava de doações e que a filha estava bem, ela ficou muito preocupada com a repercussão da publicação.

Por isso procurou a redação do Portal GRNEWS para se explicar, mas não será identificada publicamente por questões pessoais e profissionais. Ela deixa claro que apenas quis ajudar à recém-nascida e o áudio sobre a criança não foi feito por ela:

Mulher sobre áudio pedindo doação para criança
casogeovana1

Revela que havia recebido o áudio com as fotos e a imagem era comovente. Imediatamente as informações foram repassadas com o intuito de recolher doações para a família da recém-nascida:

Mulher sobre áudio pedindo doação para criança
casogeovana2

A notícia se espalhou rapidamente pelas redes sociais e várias pessoas entraram em contato para fazer doações. A solidariedade foi muito grande e moradores de outras cidades da região queriam contribuir:

Mulher sobre áudio pedindo doação para criança
casogeovana3

Finalizou dizendo que aprendeu uma valiosa lição com o fato e que foi vítima do mal entendido e pede desculpa a família e a todas as pessoas que se prontificaram em ajudar com doações:

Mulher sobre áudio pedindo doação para criança
casogeovana4

A criança recebeu o nome de Geovana Vitória Maia. Mesmo a mãe não realizando o acompanhamento de pré-natal, ela desenvolveu bem dentro do útero e conseguiu nascer sem maiores complicações.

Segundo a enfermagem da Maternidade do Hospital Nossa Senhora da Conceição, a criança está bem apesar de ter sofrido uma pequena fratura no crânio e quebrado a clavícula.

Ela teve nenhuma infeção e ficará em observação até o final da semana. O estado de saúde é bom e todos os cuidados necessários foram tomados para que em breve seja liberada para a família.

Atualizada em 15/05/2018 as 19h09.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!