Paraminenses instalam relé auxiliar nos veículos para manter faróis acesos durante o dia e evitar multas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

favol_motor_carro_mecanica
Passou a vigorar no dia 08 de julho a lei federal que exige o uso do farol baixo dos veículos em rodovias. A multa para quem descumpre a norma é de R$ 85,13 e o condutor também perde quatro pontos na carteira de habilitação.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo especialistas o farol baixo permite que o veículo seja visto a uma distância de até três quilômetros por quem trafega no sentido contrário. Também contribui para uma melhor visualização por parte de pedestres, ciclistas e motociclistas.
262_estrada_curva_caminhao

Mas boa parte da população não concorda e afirma que a medida é apenas mais um meio de arrecadação para os governos estadual e federal. Na região de Pará de Minas, somente nos primeiros 4 dias de vigência da nova lei foram aplicadas 213 multas gerando uma arrecadação superior a R$ 18 mil.

O farol baixo não pode ser substituído por farol de milha, farol de neblina ou farolete. A exigência já existia para o período noturno, tráfego em túneis, casos de chuva ou neblina e para motos e ônibus.
estrada_262_br_carros

Como o paraminense é criativo e visando diminuir os riscos de multas ou de ficar sem bateria, muitos proprietários de veículos têm recorrido a um dispositivo que faz com que os faróis liguem e desliguem só pelo giro da chave.

O eletricista de automóveis Davi Marçal explica que o relé auxiliar tem sido muito procurado. Ele afirma que principalmente os veículos utilizados pelas empresas estão aderindo ao dispositivo:

Davi Marçal
dvmrc_frl1

dvmrc_frl
O profissional garante que o equipamento não gera nenhum dano aos carros. Porém, a nova exigência do farol ligado durante o dia nas estradas fará com que a vida útil da bateria e dos faróis seja menor:

Davi Marçal
dvmrc_frl2

O mecanismo funciona por meio de uma caixinha que se chama relé. Ela é colocada entre os fios na parte elétrica do volante. O custo fica entre R$ 60,00 e R$ 70,00 e alguns veículos já têm o serviço de fábrica.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!