Crise faz aumentar procura por seguro-desemprego e vagas em Pará de Minas continuam escassas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

desemprego_emprego_trabalho_carteira
Nos últimos meses a crise econômica do país registrou números negativos que há muito tempo não eram vistos pelos brasileiros. A inflação elevou o custo de vida, os alimentos ficaram bem mais caros e a situação se agravou.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O brasileiro vem perdendo o poder de compra devido às perdas salariais. Pior ainda é o grande número de desempregados em todo o Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego subiu com força no começo de 2015.

O índice foi para 7,4% e chegou a 10,2% no fim do ano passado e no último trimestre, encerrado em maio, bateu a marca de 11,2%. Isto significa que 11,4 milhões trabalhadores estão parados.

Essa legião de brasileiros sem emprego está dificultando cada vez a situação para aqueles que buscam uma oportunidade no mercado de trabalho. Muitos estão recorrendo ao seguro-desemprego do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A reportagem do Portal GRNEWS foi até a agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine), em Pará de Minas, e conversou com o jovem Gleisson Júnior César de Moura. Ele contou que as exigências por parte das empresas são muitas e as vagas estão escassas:
gleisjr_dep

Gleisson Júnior César de Moura
gleisjr_dep

De acordo com José Alves da Silva Neto, gerente do Sine, o número de demitidos pelas empresas continua alto. À medida que as vagas de emprego são ofertadas os candidatos são encaminhados para a seleção:
josalv_dep

José Alves da Silva Neto
josalv_dep1

Ele revela que muitos profissionais com altos salários e vários anos de experiência estão sendo obrigados a aceitar propostas de remuneração menor para não ter que recorrer às parcelas do seguro-desemprego:

José Alves da Silva Neto
josalv_dep2

A agência do Sine de Pará de Minas funciona na rua Alferes Esteves, 95, Centro. O horário de atendimento é das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h. O telefone para contato é o (37) 3231-9008.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!