Baixa no preço do leite faz produtores migrarem para o mercado do gado de corte

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

produtorrural_curral_vaca_car
Muitos produtores de leite de estados como Minas Gerais e Mato Grosso optaram por vender o rebanho ou migrar para a pecuária de corte. Essa tendência vem sendo motivada pelo baixo valor do litro de leite e a alta dos custos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O aumento na oferta de leite no mercado desde o segundo semestre de 2014 e a queda da compra por parte de países importadores fez com o preço do produto reduzisse consideravelmente em todo o mundo.

Em contrapartida, o mercado de exportação das carnes de frango, suína e bovina continua em alta. Com o dólar valendo em torno de R$ 4,00 o setor vem registrando uma boa margem de lucros e atraindo novos produtores.

Segundo Milton Henriques Guimarães, um dos maiores produtores de leite da região de Pará de Minas, a mão-de-obra está escassa e os custos de energia elétrica e de insumos também está contribuindo para a migração:

Milton Henriques Guimarães
miltgmr_prdlt1

miltgmr_prdlt
Ele afirma que o agronegócio está sustentando o Brasil atualmente, pois a indústria está sofrendo muito com a alta carga tributária do país e a grande queda na produção, fator preocupante:

Milton Henriques Guimarães
miltgmr_prdlt2

O produtor rural espera que em fevereiro por um reajuste no preço do litro de leite pago pelas cooperativas. Caso contrário, ele salienta que a migração para outras áreas continuará ocorrendo nos próximos meses:

Milton Henriques Guimarães
miltgmr_prdlt3

Os produtores estão recebendo atualmente em torno de R$ 1,10 e R$ 1,15 por litro de leite. O agronegócio é uma das áreas mais rentáveis no Brasil, mas é preciso cautela com os efeitos da crise e a concorrência externa.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!