Planejar antes de executar obras na construção civil evita problemas e prejuízos, alerta engenheira

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A construção civil é um dos setores mais importantes para a economia brasileira, pois além de gerar um grande número de postos de trabalho, movimenta o comércio e a indústria com diversos materiais e equipamentos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Mesmo diante da recessão provocada pela crise financeira, a construção civil continua sendo um dos pilares do país. Os investimentos em edifícios e casas estão sendo realizados por empreiteiras e construtores particulares.

Ainda mais nesta hora de planejar a chegada de mais um ano. O final de 2016 sugere um horizonte melhor para o ano de 2017. A indústria iniciou a reposição de seus estoques e a agricultura já colhe uma safra maior. Mesmo discretos são indícios de que o país começa a se recuperar da crise econômica que se instalou, tirando o emprego e a tranquilidade de muitos.

A tendência é de diminuição da taxa de juros e de estabilização da inflação. Fatores que podem contribuir com um cenário mais promissor para um setor fortemente afetado pela crise e de extrema importância na geração de empregos e renda no país: a construção civil.

Quando se pensa em construir é muito importante contar com a presença de um profissional da área, que auxiliará em todas as fases do empreendimento, desde o planejamento e a elaboração dos projetos até a conclusão da obra. Seja ela de pequeno, médio ou grande porte.

Pensando em melhorar a eficiência na execução das obras, a LP Engenharia e Gestão presta relevantes serviços técnicos em Pará de Minas e região. O trabalho envolve a elaboração de projetos estruturais, hidro-sanitário, elétrico, entre outros.

De acordo com a engenheira civil Lorena Portela, o planejamento até mesmo para obras de pequeno porte é muito importante. A postura de projetar todo o processo antes da execução evita retrabalho e prejuízos para o construtor:

Lorena Portela
planejarobraslorenaportela1


A profissional explica que todos os projetos precisam ser interligados para evitar problemas durante a construção. Esse planejamento antecipado prevê todo o sistema a ser implantado de forma integrada:

Lorena Portela
planejarobraslorenaportela2

Ela ressalta que a ideia de iniciar sem planejar não necessariamente significará uma economia na obra. Geralmente este tipo de postura gera correções na construção e acaba gerando prejuízos:

Lorena Portela
planejarobraslorenaportela3

Vale ressaltar que toda a assessoria técnica e de projetos deve ser feita por engenheiros e arquitetos. Esses profissionais qualificados darão toda a assistência e garantirão a segurança, a qualidade e a eficiência.

No entanto, muitos por desconhecimento, comodidade ou até mesmo por acreditar estar “economizando”, acabam dispensando estes serviços. Essa conduta pode originar uma série de problemas e prejuízos. Que vão desde um resultado diferente do esperado, utilização de material além do necessário a problemas de maiores grandezas, envolvendo nossa segurança e de nossas famílias. Somente um profissional capacitado poderá avaliar, projetar e determinar a técnica e os materiais a serem empregados em cada caso, como alerta a engenheira civil Lorena Portela, da LP Engenharia e Gestão.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!