Água de lagoa do bairro Patafufo é enviada para análise. Resultado pode explicar mortandade de peixes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

lagoa_peixes1
Na segunda-feira (6) moradores do bairro Patafufo, em Pará de Minas, denunciaram a mortandade de peixes em uma lagoa existente naquela região. O lago foi construído em 2014 pela Associação Amigos do Meio Ambiente (Ama Pangéia).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A Polícia Militar de Meio Ambiente foi acionada e registrou mais uma ocorrência. Foi o quarto registro encaminhado para o Ministério Público de Meio Ambiente da Comarca de Pará de Minas.

Para os denunciantes a falta de oxigenação provocada por algum contaminante pode ter causado a morte dos peixes. A cena era lamentável, pois muitos peixes mortos ficaram boiando na água.

O presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento do Meio Ambiente, (Codema) e gerente da Ama Pangéia, José Hermano de Oliveira Franco esteve no local e vistoriou toda a área em busca das causas dos danos. Ele afirmou que não havia encontrado nada que justificasse a morte dos peixes. Alguns moradores chegaram a questionar se havia algum esgoto de empresa ou clube que estaria sendo despejado no manancial.

Mas, nada disso ficou comprovado. A Secretaria Municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, também fez uma visita para fazer uma investigação e não encontrou nenhum vestígio do que ocorrido.

Rafaela Lúcia Martins de Oliveira, secretária municipal de Agronegócio, Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, revela que os técnicos recolheram amostras da água para análise em laboratório e só após o resultado será constatado a causa da morte dos peixes:

Rafaela Lúcia Martins de Oliveira
aarafaelalucia1

rafloliv_arv
Ela informa que os moradores do bairro também foram ouvidos em relação aos problemas ambientais na lagoa. Porém, nada foi comprovado até o momento e os trabalhos de investigação continuam:

Rafaela Lúcia Martins de Oliveira
aarafaelalucia2

O laudo constando o resultado da análise feita na água da lagoa do bairro Patafufo deverá ser enviado a Secretaria Municipal de Meio Ambiente pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), nos próximos 30 dias.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!