Ampliação do CTI do HNSC acabou com fila de espera por vaga, diz coordenadora

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) continua sob intervenção da prefeitura de Pará de Minas. O decreto inicial venceu no início de Novembro de 2018 e foi prorrogado por mais 24 meses pelo prefeito Elias Diniz (PSD) que alegou precisar de mais tempo para concluir projetos iniciados.

Um dos objetivos era inaugurar um novo Centro de Terapia Intensiva (CTI) ampliando as vagas de seis para 10 visando atender melhor aos pacientes que necessitam desse tratamento.

A obra foi entregue em 30 de Novembro de 2018 e dias depois os vereadores criticaram que o número de leitos continuava o mesmo, apesar de a prefeitura divulgar que o número de vagas havia sido ampliado.

Á época a Secretaria Municipal de Saúde respondeu que a mudança do CTI ocorreu em 30 de Novembro com os seis leitos já existentes, enquanto os outros quatro leitos estavam sendo equipados, já que houve atraso na entrega dos equipamentos.

Com uma semana de funcionamento a coordenadora Luciana Alves, médica especialista em Cardiologia, disse ao Portal GRNEWS que a mudança foi muito boa e traria benefícios para os pacientes.

Agora ela confirma que todos os equipamentos necessários para a montagem de cada leito foram instalados. A boa notícia é que a ampliação do número de leitos acabou com a fila de espera por vaga no CTI:


Luciana Alves
lucianaalvesctiequipado1

Também destacou benefícios para população que precisar ser atendida no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Nossa Senhora da Conceição, ressaltando que a demanda é variável, sendo que os pacientes mais comuns são vítimas de acidentes, com problemas cardiovasculares e acometidos por infecções:

Luciana Alves
lucianaalvesctiequipado2

Acrescenta que o CTI do HSNC está bem equipado e não deixa nada a desejar aos semelhantes de outros municípios do interior de Minas Gerais. Até porque normas devem ser seguidas para realizar o tratamento de terapia intensiva:

Luciana Alves
lucianaalvesctiequipado3

A ampliação do Centro de Terapia Intensiva do Hospital Nossa Senhora da Conceição não representou aumento de gastos com pessoa. A mesma equipe de médicos e enfermeiros que atendia a seis pacientes está preparada para cuidar de 10. Com isso aumentou a assistência e o faturamento do HNSC.

O espaço onde funcionou o antigo CTI durante muitos anos será reformado e existe um projeto de instalação do serviço de Hemodinâmica. A realização desses exames será mais um ganho para a área da saúde.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!